Xiaomi vai trazer um ecrã melhor que o OnePlus 7T Pro

António Guimarães
Comentar

Através de um leaker na rede social chinesa Weibo, foi revelado que a Xiaomi está a testar internamente ecrãs AMOLED com taxa de atualização de 120Hz. Os testes tem finalidade de colocar tais painéis em futuros telemóveis, durante 2020.

Escusado será dizer que um equipamento da Xiaomi com uma taxa de 120Hz vai atrair bastantes consumidores. Além disso, será um "estalo de luva branca" para a OnePlus, que se orgulham do seu ecrã de 90Hz nos recém-lançados OnePlus 7T e 7T Pro.

Parece que a próxima grande tendência será trazer ecrãs com altas taxas de atualizações nos telemóveis. Esta característica foi popularizada pelo Razer Phone e continuada pelo Razer Phone 2 e os telemóveis Asus ROG. Contudo, as altas taxas estão a sair do nicho de telemóveis gaming para o mercado geral.

MIUI 11 Beta também sugere ecrãs de 120Hz no futuro

No fórum de programação XDA Developers foi descoberto mais um indício que a Xiaomi planeia trazer ecrãs com 120Hz. Na versão Beta do MIUI 11, é possível ver nas definições de ecrã as opções "120Hz" e 60Hz" para as devidas taxas de atualização.

xda miui 11

Assim sendo, é fácil imaginar um Pocophone ou mesmo um Redmi K20 em 2020 com taxa de atualização de 120Hz. Combinar as tecnologias mais recentes com preços interessantes sempre foi a especialidade da Xiaomi portanto podemos esperar boas novidades da marca chinesa.

No entanto, a Xiaomi tem de certificar-se que o ecrã funciona a 120Hz a 100% para evitar problemas. Os Google Pixel 4, por exemplo, foram alvo de críticas devido aos seus 90Hz baixarem para 60hz quando o brilho do ecrã é reduzido para 75% ou abaixo disso.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.