Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Xiaomi tem nova rival de peso nos tablets e smartphones dobráveis

Rui Bacelar
Comentar

A Xiaomi é uma das figuras incontornáveis no mercado dos smartphones e tablets em 2021. Com efeito, a tecnológica de Lei Jun ocupa o segundo lugar no mercado global de dispositivos móveis onde enfrenta a concorrência da gigante chinesa OPPO.

Assim é no mercado dos smartphones, onde a OPPO se tem afirmado também em Portugal, e assim será no segmento dos smartphones dobráveis. Aliás, também no mercado dos tablets Android a OPPO entrará com especial fulgor num futuro próximo.

A Xiaomi surpreendeu o mundo com o seu tablet Pad 5

Xiaomi Pad 5
O tablet Xiaomi Pad 5 está disponível desde 399 € na Amazon.ES

Sabe mais sobre os preços e envios do Xiaomi Pad 5

Ainda que atualmente o produto mais cobiçado no segmento dos tablets dobráveis seja o Xiaomi Pad 5, a OPPO quer mudar este status quo muito em breve. Para tal, afirmou reformular a sua interface ColorOS 12 para se adaptar ao grande ecrã.

Fá-lo-á para canalizar as melhores qualidades do Android 12 para o formato tablet, dando aí primazia à produtividade. Desse modo, espera colocar-se como opção viável para trabalho, produtividade e também para diversão, querendo lançar novos tablets.

A confirmação foi feita por alguns executivos da OPPO, dando assim a respetiva anuência aos rumores que se fazem sentir nos últimos meses. Recorde-se que, com a normalização do trabalho remoto aumentou também a procura por equipamentos deste tipo.

A ColorOS 12 baseia-se já no sistema operativo Android 12 da Google

OPPO ColorOS 12
A interface ColorOS 12 promete adaptar-se a qualquer formato de ecrã.

Assim que a ColorOS 12 estiver finalizada, usando já como base o novo Android 12, a OPPO promete uma adaptação ideal aos vários formatos de ecrã. Isto é, desde os televisores (Smart TV's), aos smartphones, tablets, bem como aos relógios inteligentes.

A fabricante espera desse modo alcançar um novo patamar de multi-plataforma, unindo os vários dispositivos num só ecossistema próprio. Relativamente a novos produtos, o próximo passo da fabricante asiática passará pelos novos tablets Android.

A confirmação foi feita por Liu Bo, Vice-Presidente da OPPO, durante uma conferência com parceiros e entidades tecnológicas na China. Esta notícia foi primeiramente avançada pela publicação Sina Technology, dando conta também de planos similares pela Vivo, outra das grandes fabricantes a operar em território chinês.

Dos tablets aos smartphones dobráveis, a OPPO é nova rival da Xiaomi

🤔 Innovation Means Solving Small Problems, Every Day💡https://t.co/8bzBLKffyy

— OPPO (@oppo) 23 de março de 2021

Por fim, a tecnológica chinesa também fez saber que redobrará os seus esforços no segmento dos smartphones dobráveis. Atualmente a OPPO tem o seu X 2021, um smartphone extensível com uma configuração particularmente futurista.

Este primeiro conceito, já com provas dadas, será sucedido por novos dispositivos com configuração similar e dobrável. Este é outro dos campos onde a Xiaomi também já está presente com o seu Mi MIX Fold, de configuração similar aos Galaxy Z Fold 3.

Em síntese, veremos uma OPPO mais forte em 2022, concentrada em novos dispositivos móveis como os tablets Android e novos smartphones dobráveis. Até lá, já se tornou na terceira maior fabricante premium na China, além de dominar também esse que é o maior mercado mundial de dispositivos móveis.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.