Xiaomi Redmi Note 11: primeiros segredos do smartphone podem ter sido desvendados

Bruno Coelho
Comentar

A Xiaomi já nos habituou a cenários diferentes numa das suas linhas de smartphones de maior sucesso. Falamos dos Redmi Note, da sua marca independente. Nos últimos anos já chegaram a ser lançadas duas linhas diferentes destes equipamentos por ano, sendo que em 2020 e 2021 a fabricante parece querer optar por apenas uma.

Assim aconteceu com os Redmi Note 9 e Redmi Note 10, e é expectável que o mesmo aconteça com os seus sucessores. Agora surgiram online aqueles que podem ser os primeiros segredos revelados do Redmi Note 11.

Redmi Note 11 pode chegar com bateria de 5100mAh e carregamento rápido de 67W

O reputado leaker Digital Chat Station avançou aqueles que serão os detalhes do próximo smartphone da Redmi “na faixa de preço dos 1000 iuanes”. Falamos de valores a rondar ou acima dos 131 euros, que acaba por se encaixar na linha Redmi Note.

#DigitalChatStationIn the price range of Redmi's thousand yuan machine, there is also a new machine with a 5100mAh±+67W solution that is ready to go, crazy and super-fast charging of the big battery~

— Digital Chat Station (@chat_station) 18 de setembro de 2021

Segundo esta fonte, o suposto dispositivo terá uma bateria massiva de 5100mAh. Além disso, será também complementado com uma solução de carregamento rápido de 67W que vemos em equipamentos como o Xiaomi Mi 11 ou o Xiaomi 11T.

Este pode assim tornar-se o novo padrão da gama-média da Xiaomi. Além de uma bateria generosa, carregamento rápido que a possa completar em menos de 40 minutos. Isto numa altura em que a fabricante já deu o salto para os 120W no seu mais recente topo de gama, o Xiaomi 11T Pro.

Pese embora o histórico fiável de Digital Chat Station, devemos olhar para estes rumores com uma "pitada de sal" até que existam certificações formais.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.