Xiaomi Redmi K50 Gaming Edition tem vendas extraordinárias em apenas 1 minuto

Bruno Coelho
Comentar

A Xiaomi já nos habituou a sucessos de vendas iniciais dignos de registo. E segundo revela a fabricante chinesa, o Redmi K50 Gaming Edition é o novo sucesso de vendas no mercado interno da marca.

O smartphone gaming foi apresentado no país esta quarta-feira, 16 de fevereiro. O terminal foi colocado à venda esta sexta-feira, e terá excedido as expectativas de vendas em apenas 1 minuto no mercado.

Xiaomi Redmi K50 Gaming Edition rendeu 39 milhões de euros em apenas 1 minuto

Num cartaz, a marca revela que o smartphone rendeu 280 milhões de iuanes (perto de 39 milhões de euros) em apenas 1 minuto à venda. No entanto, a marca acabou por não revelar o número concreto de unidades vendidas.

xiaomi
Xiaomi Redmi K50 Gaming Edition rendeu 280 milhões de iuanes em apenas 1 minuto

O Redmi K50 Gamign foi colocado à venda na China com um preço inicial de 3299 inanes (458 euros) na versão de 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. A variante de 12 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno custa o equivalente a 500 euros no país.

A parada sobe na versão de 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno, cujo valor de cifra nos 542 euros. Já a Edição Champion, limitada a 10 mil unidades, e com 12 GB/256 GB chega por 584 euros

Recorde-se que o Redmi K50 Gaming é comandado pelo Snapdragon 8 Gen 1, e tem um ecrã AMOLED de 6,67” polegadas com taxa de atualização de 120 Hz. É ainda protegido por Gorilla Glass Victus.

O smartphone dispõe de uma bateria de 4700 mAH com carregamento a 120 W que promete preencher o terminal de carga em apenas 17 minutos. De fábrica, chega com MIUI 13 baseada no Android 12.

O smartphone deve ser lançado globalmente com outro nome, possivelmente fazendo parte do alinhamento da Poco.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.