Xiaomi Redmi 7 já tem data de apresentação! Mais um Android de qualidade!

Filipe Alves

Depois do famoso Xiaomi Redmi Note 7, eis que a Xiaomi vai revelar o Xiaomi Redmi 7. Um smartphone de entrada que encaixará que nem uma luva nos smartphones com um preço pouco acima dos 100€.

Datado para dia 18 de março, o lançamento do Xiaomi Redmi 7 marcará mais um passo importante na sub-marca Redmi na ascensão do mercado de smartphones.

Xiaomi Redmi 7

Ainda que os rumores passados referissem que a marca iria lançar um topo de gama, tal não aconteceu. Este Xiaomi Redmi 7 também não será um topo de gama, porém, será, provavelmente, um dos mais interessantes para o seu preço.

Xiaomi Redmi 7 será o novo smartphone de entrada da Redmi

De acordo com as informações, o Xiaomi Redmi 7 partilhará algumas semelhanças com o modelo "Note". Teremos uma construção em vidro, uma notch reduzida e um ecrã grande.

Xiaomi Redmi 7 imagem

O processador será o Snapdragon 632 e deverá ser acompanhado com variantes de 2GB, 3GB e 4GB de memória RAM. Visto que é um dispositivo para o segmento de entrada, acredita-se que a variante de entrada trará 16GB de armazenamento interno. Contudo, todas elas com a possibilidade de expansão via MicroSD.

Possíveis especificações do Xiaomi Redmi 7

  • Ecrã 6.26"polegadas IPS HD+
  • Processador Qualcomm Snapdragon 632
  • Memória RAM de 2GB, 3GB e 4GB
  • Memória interna de 16GB, 32GB e 64GB
  • Câmaras principais de 12MP+5MP
  • Câmara frontal de 8MP
  • Bateria 3900 mAh
  • Dual-SIM
  • MicroSD

Preço do Xiaomi Redmi 7

Por fim, o preço do Xiaomi Redmi Note 7 deverá rondar os 100€ (118$). Inicialmente teremos de perceber se o terminal terá um valor mais lato devido à importação.

Com a entrada da Xiaomi oficialmente em Portugal, espera-se que o Xiaomi Redmi 7 também chegue para acompanhar. Mesmo que faça parte de uma sub-marca.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.