Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Xiaomi prepara os novos smartphones baratos Redmi Note 11 e Redmi Note 11 Pro

Rui Bacelar
Comentar

O responsável máximo pela Redmi, e executivo de topo no seio da Xiaomi, Liu Weibing, fez saber, na semana passada, que a empresa por si liderada se prepara para lançar um novo produto. Agora, de acordo com as novas informações, sabemos que em causa estão os smartphones Xiaomi Redmi Note 11, bem como o Redmi Note 11 Pro.

Ainda que se fizessem ouvir rumores a apontar o lançamento de um novo produto e / ou linha de smartphones, as informações agora chegadas à Internet vêm deitar por terra tal possibilidade. Em vez disso teremos pelo menos dois novos telefones Xiaomi de gama média. O preço? Provavelmente manter-se-á abaixo dos 200 €, mas só com a apresentação oficial o poderemos confirmar.

Os novos Xiaomi Redmi Note 11 podem chegar a 11 de novembro

Xiaomi Redmi Note 11
Os próximos modelos virão reforçar a linha de entrada atual da Xiaomi.

A data de apresentação avançada pelas fugas de informação é o dia 11 de novembro. A data, simbólica, deverá marcar o próximo dia de grandes vendas online da Xiaomi, motivo pelo qual tem sido apontada para o lançamento dos novos smartphones.

Entretanto, da China surgem as primeiras especificações técnicas dos Redmi Note 11 5G e Redmi Note 11 Pro. O seu leque de caraterísticas incluirá um ecrã LCD com taxa de atualização da imagem a 120 Hz e resolução Full-HD+ (1080p) no modelo base.

O "coração" de ambos deve ser o processador Dimensity 810 da MediaTek com conetividade 5G. Ademais, contamos com uma câmara frontal de 13 MP em ambos os modelos, bem como uma câmara traseira com sensor principal de 50 MP.

O smartphone mais barato será o Redmi Note 11 5G

De acordo com as novas informações este telemóvel Xiaomi custará o equivalente a 186 dólares na versão base com 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno. Por outro lado, a versão de topo custará o equivalente a 248 dólares, com 8 GB de memória RAM, bem como 256 GB de armazenamento interno.

Neste telemóvel Xiaomi teremos ainda o carregamento rápido a 33 W de potência, bem como uma bateria de alta capacidade com 5 000 mAh. Note-se que esta é a conversão direta para dólares dos preços a praticar no mercado natal da fabricante, a China.

Xiaomi Redmi 10
O Redmi 10 é atualmente o modelo de gama média mais barato. Custa desde 179 € na Amazon.

Por outro lado, o Xiaomi Redmi Note 11 Pro terá um ecrã OLED com a mesma taxa de atualização a 120 Hz. A isto soma-se o processador Dimensity 920 da MediaTek. Terá ainda uma câmara frontal de 16 MP para as selfies, bem como uma câmara traseira liderada pelo sensor de 108 MP.

O Redmi Note 11 Pro será o smartphone mais caro

Dotado de caraterísticas técnicas superiores o Xiaomi Redmi Note 11 Pro será mais oneroso. Terá também uma bateria com 5 000 mAh de capacidade, mas com maior potência de carga, agora a 67 W para um carregamento mais rápido.

A isto soma-se um novo motor de vibração linear com eixo-X, bem como conetividade NFC para mediar pagamentos, por exemplo. O telemóvel Xiaomi terá ainda altifalantes duplos (estéreo), bem como afinação garantida pela JBL para maior qualidade.

Teremos, por fim, um total de três versões / esquemas de memória à disposição, a saber:

  • 6 GB / 128 GB - 284 dólares
  • 8 GB / 128 GB - 279 dólares
  • 8 GB / 256 GB - 311 dólares

Aponta-se também um reforço das capacidades da MIUI a ser anunciado com estes novos smartphones Android. O escopo destas melhorias não é conhecido, mas acredita-se que reflita já as novidades introduzidas pelo Android 12 da Google.

Em síntese, contamos assim com dois novos smartphones Xiaomi de gama média a custar menos de 300 euros. Aliás, na sua versão base é possível que o Redmi Note 11 custa menos de 200 euros, ainda que os preços careçam de confirmação.

Entretanto, até ao dia 11 de novembro contamos com mais fugas de informação.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.