Xiaomi pode ter a caminho uma surpresa no carregamento rápido

Mónica Marques
Comentar

Ao que tudo indica, a Xiaomi está já a testar uma tecnologia de carregamento rápido de 150 watts.

Mas o melhor de tudo é que em breve esta tecnologia pode entrar na fase de produção e massa e chegar aos utilizadores já com o modelo Xiaomi Mix 5.

Tecnologia de carregamento rápido de 150 watts permite uma carga completa em 15 minutos

Em breve, tecnologia de carregamento rápido de 150 W da Xiaomi pode entrar na fase de produção em massa

Nestes últimos dois anos, as fabricantes de smartphones pouco puderam avançar no desenvolvimento de novas tecnologias, devido aos vários constrangimentos que a pandemia Covid-19 originou. Nesse sentido, a tecnologia de carregamento rápido fixou-se nos 120 watts, mas agora parece que tudo pode mudar.

De acordo com informações recentemente divulgadas, a Xiaomi está a testar uma tecnologia de carregamento rápido de 150 watts que, em breve, poderá entrar já na fase de produção em massa.

Aliás, as mesmas fontes avançam que o smartphone Mix 5 da marca chinesa pode já integrar esta tecnologia que, finalmente, chegará às mãos dos utilizadores.

Este é um passo importante na evolução da tecnologia de carregamento, uma vez que permite que o smartphone obtenha uma carga completa em apenas 15 minutos ou até menos.

Xiaomi e Leica juntam esforços para o Mix 5

Mas parece que não é apenas no carregamento rápido queo Xiaomi Mix 5 terá novidades para os utilizadores. Recentemente foi também divulgado que a marca chinesa juntou esforços com a Leica, conhecida pelas sua objetivas de topo, para trabalhar na parte ótica do equipamento.

Nos últimos anos, a Leica trabalhou com a Huawei nas câmaras dos seus smartphones, mas ao que tudo indica a parceria terá terminado, levando a Leica a juntar-se agora à Xiaomi. Para já o que se sabe é que o Xiaomi Mix 5 pode vir equipado com um sensor primário de 50 megapixéis com estabilização ótica de imagem.

Espera-se também que inclua um sensor variável ótico de 5x e 48 megapixéis e ainda um sensor ultra angular de 50 megapixéis. A confirmar-se a parceria com a Leica, todos os sensores integrados estarão sob a chancela desta marca.

Outras especificações esperadas no Xiaomi Mix 5

Xiaomi Mix 5 pode vir equipado com o novo processador de imagem Surge C2 ISP da marca chinesa Crédito@LetsGoDigital

Mas vários rumores a circular no mundo Web deram já conta de outras especificações cruciais que podemos esperar ver no Xiaomi Mix 5. Assim, é provável que o terminal tenha aos comandos o processador Snapdragon 8 Gen 1 emparelhado com 12 GB de RAM.

Já no armazenamento interno espera-se uma capacidade de 256 GB. Outra das especificações apontadas para este terminal é que inclua o novo processador de imagem da marca Surge C2 ISP e que tenha suporte para comunicações 5G.

Mais: algumas fontes avançaram já que o Mix 5 pode também integrar uma câmara frontal de 48 megapixéis sob o ecrã, o que é um avanço significativo em ralação ao modelo anterior que conta com uma câmara para selfies de 20 megapixéis.

De resto, algumas fontes avançam que o Mi Mix 5 Pro pode estar equipado com um ecrã AMOLED de 6,73 polegadas com uma resolução WQHD+ e uma taxa de atualização de 120 Hz. É ainda apontado que tenha um brilho máximo de 1500 nits e que tenha suporte para HDR10 e Doly Vision.

Para já, espera-se que o Xiaomi Mix 5 chegue no segundo semestre deste ano.

Editores 4gnews recomendam:

  • OPPO Find X5 Pro: começa a contagem decrescente para a apresentação
  • OnePlus Nord CE 2 5G: design e especificações confirmadas oficialmente
  • Huawei pronta para desenvolver sistema revolucionário para as suas câmaras
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.