Xiaomi-Mi-5-2

Depois de ano e meio de espera, eis que o momento que os fãs da Xiaomi tanto esperavam chegou, o novo Xiaomi Mi5 foi já apresentado. Pela primeira vez em plena MWC, a Xiaomi não desapontou e lançou mais um excelente equipamento, capaz de rivalizar com os grandes tubarões do mercado.

Além de uma construção digna do seu estatuto de flagship, este Xiaomi Mi5 promete também bastante ao nível da performance, ainda mais depois dos primeiros testes o colocarem acima dos concorrentes Samsung Galaxy S7 e LG G5.

   

Pessoalmente eu fiquei com aquela sensação de “eu quero um destes” e acredito que desse lado tenhas ficado exatamente com o mesmo sentimento. Agora a questão é com que facilidade conseguiremos, nós portugueses, ter acesso a um Xiaomi Mi5. Segundo Hugo Barra, o novo Xiaomi Mi5 será apenas disponibilizado nos mercados em que a marca está já estabelecida, nomeadamente o Brasil.

Vê também: Já há imagens que espelham o comportamento da câmara do Mi5

Xiaomi-Mi-5-6

Estas são obviamente notícias tristes para nós “tugas”, pois vemos cada vez mais longe a possibilidade de a Xiaomi se estabelecer oficialmente em Portugal. Porém não convém desanimar, pois na mesma entrevista dada ao The Verge (fonte), Barra afirma ainda que talvez um dia a Xiaomi venha-se a estabelecer oficialmente tanto na Europa como nos EUA, mas que é ainda muito cedo para proferir quaisquer afirmações.

Bem, parece que mais uma vez teremos que recorrer ao método de importação por forma a podermos ter acesso ao poderoso Xiaomi Mi5. Ainda assim, esse é cada vez menos um fator impeditivo para obter qualquer equipamento, logo como se costuma dizer, quem quer arranja um meio, quem não quer uma desculpa.

Talvez queiras ver: