Xiaomi Mi A2: Cuidado com a última atualização, pode causar 'bootloop'

Vitor Urbano

A fabricante chinesa tem um portefólio de smartphones de fazer inveja a qualquer empresa, e um dos mais populares é o Xiaomi Mi A2. Este gama-média rapidamente se tornou extremamente popular entre os fãs da marca, e não só.

Assim como já se tornou habitual na fabricante, oferece especificações muito interessantes com um preço extremamente aliciante. No entanto, o fator que mais o destacou foi o facto de chegar como um smartphone Android One. Ou seja, tem uma versão pura do Android.

Uma vez que é um Android One, o Xiaomi Mi A2 tem recebido todas as atualizações da Google de forma bastante rápida. No entanto, se este é o teu smartphone, deves ter cuidado com a última atualização que traz o patch de segurança de janeiro.

Cuidado! Joga pelo seguro e ainda não atualizes o teu Xiaomi Mi A2

Assim como foi revelado pelo XDA Developers, vários utilizadores estão a relatar que a instalação da mais recente atualização fez com que os seus smartphones entrassem em 'bootloop'. Ou seja, ficaram inutilizáveis.

Até agora, a fabricante ainda não realizou qualquer tipo de declaração relativamente a estes incidentes. No entanto, este não deverá ser um problema que vá afetar 100% dos smartphones, visto que não tive nenhum problema no meu Mi A2.

No entanto, espera-se que a empresa não demore muito tempo a reconhecer a existência deste problema. E que, consiga resolvê-lo o mais rapidamente possível. Entretanto, aconselho-te a alterares as definições de atualizações, para evitar que o teu Mi A2 instale a mais recente atualização de forma automática.

Xiaomi Mi A2 Android One Android Pie

Mas o que é o 'Bootloop'?

Este é um dos estados em que certamente não vais querer ver o teu smartphone Android. De forma bastante simplificada, o smartphone vai continuar infinitamente a apresentar-te a animação de arranque, sem nunca conseguir iniciar o sistema operativo.

Existem algumas formas de resolver um 'Bootloop'. Mas, em primeiro lugar é sempre preciso saber o que poderá ter causado o problema. Por isso mesmo, neste caso a Xiaomi precisa de identificar o problema e publicar uma solução. Muito provavelmente, os utilizadores irão conseguir recuperar os seus smartphones seguindo alguns passos que deverão ser indicados pela fabricante.

Editores 4gnews recomendam:

Xiaomi Mi A2 foi a estrela do segundo maior mercado do mundo em 2018

Xiaomi Redmi Note 7 recebe popular característica do Mi Mix 3

Xiaomi Redmi Go: Estas são as especificações do primeiro Android Go

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.