Xiaomi esgota 150 mil unidades do Mi3 em 10 minutos usando uma app de chat

Filipe Alves
30 Novembro, 2013

Apesar de a Xiaomi ainda não ser muito conhecida fora da Ásia, esta marca tem ganho terreno e adeptos a passos largos (da qual me considero fã) devido à sua qualidade de construção, especificações e preço reduzido.

Em setembro, durante a IFA 2013 a empresa anunciou o seu mais recente gadget, o Xiaomi Mi3, que no dia do seu lançamento oficial esgotou as 100 mil unidades disponíveis em menos de 90 segundos.

Dois meses depois, a empresa volta a conseguir uma proeza idêntica. Desta vez a Xiaomi esgotou um stock de 150 mil unidades em 9 minutos e 55 segundos. O mais curioso desta venda é que desta vez a empresa não realizou a venda pela página oficial mas sim através de uma rede social, a WeChat (poderá ver mais detalhes desta rede social neste link).

A ideia do evento foi, além de a empresa vender o equipamento, promover a utilidade desta nova rede social como uma plataforma de e-commerce.

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.

Mais na 4gnews

Samsung Galaxy A20 é oficial e é um excelente gama de entrada
Os novos Huawei P30 poderão chegar com preços bem interessantes
Google Pixel 4 XL terá inspiração forte no Galaxy S10 Plus
14 novos jogos Grátis chegaram à Google Play Store e tens de os instalar
10X de zoom na câmara do smartphone terá este resultado!
Xiaomi Black Shark 2 é oficial: mais poderoso e com 12GB de RAM

Artigos que não podes perder

Os 15 melhores telemóveis baratos que valem (realmente) a pena em 2018
Onde comprar Xiaomi? As lojas online e físicas com os preços mais baixos
Descobre 10 produtos Xiaomi que valem a pena comprar
Telemóveis antichoque: 12 modelos "todo o terreno" que resistem a (quase) tudo!
Os 10 melhores telemóveis chineses a ter em atenção em 2018
Como saber se o teu produto Xiaomi é falso ou original?