Xiaomi confirma uma grande mudança na designação dos seus smartphones

Carlos Oliveira
Comentar

O último topo de gama que a Xiaomi apresentou foi o Xiaomi MIX 4. Há data da sua revelação, muitos acharam curioso o facto de a empresa chinesa ter omitido da designação "Mi" do seu novo equipamento.

Agora, em declarações ao XDA Developers, a Xiaomi confirma que essa estratégia vai manter-se nos seus próximos smartphones. Ou seja, as letras Mi deixarão de fazer parte da designação dos novos equipamentos da chinesa.

Xiaomi diz adeus ao "Mi" na designação dos seus smartphones

Desde o lançamento do Xiaomi Mi 1, em 2011, que a designação "Mi" faz parte do portefólio da tecnológica chinesa. É já uma tradição encontrar essas duas letras nos principais produtos lançados pela marca.

Xiaomi Mi Store

Dez anos após o lançamento do seu primeiro smartphone, o "Mi" não mais será visto nos dispositivos móveis da Xiaomi. Doravante, teremos apenas Xiaomi, o que significa que os seus próximos topos de gama chamar-se-ão apenas Xiaomi 11T e 11T Pro. Já em 2022, teremos o Xiaomi 12.

Ainda que nada tenha sido confirmado nesse sentido, a decisão de abandonar o "Mi" faz parte de uma estratégia de uniformização da designação dos produtos da Xiaomi. Isto porque a marca já vende muitos produtos na China sem o "Mi".

Tal como seria de esperar, esta importante mudança só terá efeitos práticos nos produtos que a Xiaomi irá revelar futuramente. Todos os modelos presentes no mercado continuarão a ostentar oficialmente a designação "Mi".

Resta ainda saber que repercussões terá esta decisão nas lojas oficiais da Xiaomi. Importa sublinhar que estas são conhecidas como "Mi Store", ostentando o logótipo Mi na sua entrada.

Qual o significado do "Mi"?

Enquanto nos preparamos para dizer a uma década de "Mi", nada melhor do que relembrar o significado dessas duas letras. Explicação essa que já foi dada pelo próximo Lei Jun, CEO e fundador da Xiaomi.

Com efeito, Mi significa duas coisas: “Mobile internet” (Internet móvel) e “Mission impossible.” (missão impossível). A empresa chinesa sempre se considerou como vendedora de produtos de internet móvel, realizando tarefas impossíveis.

Tais valores certamente não irão desaparecer do espírito da Xiaomi, mas ela acredita ser tempo de olhar para o futuro. Um futuro em deixaremos de ver o "Mi" estampado em todos os produtos da marca.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.