Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Xiaomi CC11: as caraterísticas do próximo smartphone Xiaomi que queremos ver na Europa

Rui Bacelar
Comentar

A Xiaomi tem um dos mais diversificados portefólios de smartphones Android, bem como um dos mais extensos. Não obstante, tal facto não a impede de desenvolver (ainda) mais modelos como o Xiaomi CC11 cujas especificações técnicas chegam agora à Internet.

Recordamos ainda que até ao momento os smartphones da gama CC têm chegado à Europa e demais mercados globais com nomenclaturas distintas. Isto é, chegam até nós através das gamas Xiaomi Mi A, bem como os Xiaomi Mi Note.

Smartphones da gama Mi CC chegam à Europa pela gama Mi A e Mi Note

Xiaomi Mi Note 10 Lite
O smartphone Xiaomi Mi Note 10 Lite custa desde 310,29 € na Amazon.ES

As informações mostram-nos especificações técnicas adequadas a um novo smartphone Android de gama média que se destaca pelo processador relativamente poderoso. É, com efeito, no seu SoC que encontramos o maior valor e potencial fator de compra.

Esta gama de produtos foca-se, historicamente, no design e câmara fotográfica, contudo, há mais de um ano que não vemos novos equipamentos a renovar esta linha. Mais ainda, é uma gama de produtos que até ao momento só foram vendidos na China.

Por outro lado, estes mesmos equipamentos costumam chegar à Europa com nomes diferentes, tal como referido supra. Portanto, é provável que também o próximo lançamento chegue aos mercados globais mudando apenas o seu nome.

O Xiaomi CC11 será apresentado em breve na China

Xiaomi CC11
Lista de caraterísticas avançadas pelo leaker Bald Panda

Com base nas informações divulgadas pelo leaker Bald Panda, através da rede social chinesa Weibo, temos assim um leque abrangente das suas especificações técnicas. Daqui infere-se também que a sua apresentação estará para muito breve.

Atentando nas suas "specs" temos em primeiro lugar a menção ao processador Snapdragon 778G da Qualcomm. Este é um dos SoC's mais recentes da tecnológica norte-americana, de gama média / alta e otimizado sobretudo para jogos.

Terá também um ecrã de 6,55 polegadas com tecnologia OLED e uma resolução não mencionada - provavelmente Full-HD+. A isto soma-se a menção da alta taxa de atualização a 90 Hz que também abonaria a experiência de jogo neste smartphone Xiaomi.

O Snapdragon 778G da Qualcomm será o "coração" deste smartphone Xiaomi

Temos ainda a indicação da presença de uma câmara fotográfica frontal de 20 MP, bem como uma câmara principal tripla. Esta será constituída por um sensor principal de 64 MP, bem como outros dois sensores auxiliares, de resolução não mencionada.

Há anda espaço para uma bateria com 4 200 mAh de capacidade com carregamento rápido a 33 W via cabo USB do Tipo C. Por fim, o leaker menciona ainda a sua espessura máxima de 6,81 mm, bem como o peso do smartphone - 157 gramas.

Caso tal se verifique, o smartphone será extremamente fino, bem como bastante leve. Aliás, com menos de 160 gramas será um dos smartphones Android mais leves no mercado, algo notório tendo em consideração a bateria de alta capacidade.

O próximo smartphone Android de gama média / alta para 2021

Xiaomi Mi CC9
O último modelo lançado nesta gama foi o Xiaomi Mi CC9.

Estas informações podem ser complementadas pela recente listagem do produto no regulador chinês, a agência TENAA. Aí o Xiaomi CC11 mostrou três equemas de memória RAM - 6 GB / 8 GB / 12 GB. Valores a que fará corresponder três configurações de armazenamento interno, a saber - 128 GB / 256 GB / 512 GB.

Terá assim três possíveis configurações de RAM + armazenamento, com possibilidade de expansão via cartão de memória micro SD. O software usado não foi mencionado, mas à semelhança de edições anteriores, o Mi CC 11 poderia ser comercializado fora da China com o Android One da Google.

Sintetizando, são boas caraterísticas técnicas para um smartphone que se espera ser barato, ou pelo menos acessível, sobretudo para a China. Para já, contudo, não há nenhuma informação alusiva à sua possível disponibilidade na Europa.

Por fim, resta a questão, será este smartphone disponibilizado fora do seu país natal? E será que os consumidores ainda quererão um telefone com Android One em 2021?

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.