Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Xiaomi atinge novo recorde mundial com os smartphones Redmi Note

Rui Bacelar
Comentar

A terceira maior fabricante mundial de smartphones deu hoje a conhecer um novo recorde atingido recentemente com as vendas dos seus smartphones mais procurados, os Xiaomi Redmi Note. Com efeito, são já mais de 240 milhões de unidades vendidas em todo o mundo, oito meses após a empresa ter atingido a marca dos 200 milhões.

Serve este testemunho como prova da popularidade e preferência dos consumidores pelos seus smartphones preço / qualidade, em particular na gama em questão. Aliás, é precisamente neste segmento de smartphones, entre os 200 a 300 euros que encontramos alguns dos melhores telemóveis preço / qualidade da Xiaomi em 2022.

São já mais de 240 milhões de smartphones Xiaomi Redmi Note

Xiaomi Redmi Note
Em cerca de oito meses a Xiaomi vendeu 40 milhões de smartphones Redmi Note.

Atentando nas métricas, temos cerca de 5 milhões de smartphones Xiaomi Redmi Note a serem vendidos todos os meses nos diversos mercados em que a marca está presente. Em Portugal é também uma das três grandes fabricantes.

Este feito foi alcançado mesmo durante um período desafiante no mercado mobile, ainda pautado pela pandemia da COVID-19, bem como a escassez de chips e semicondutores.

Os atuais Redmi Note 10 Pro foram anunciados em março de 2021

Xiaomi Redmi Note 10
Os vários modelos que compõe a atual gama de smartphones Xiaomi Redmi Note 10.

Os modelos em questão são os Xiaomi Redmi Note 10, Redmi Note 10 5G, Redmi Note 10S, bem como o modelo de topo, o Xiaomi Redmi Note 10 Pro. Em todo o caso, a maioria destes dispositivos custa entre 200 a 300 euros, por exemplo, na Amazon.ES.

Muito em breve ficaremos também a conhecer os seus sucessores, já parcialmente divulgados nas primeiras fugas de informação. A propósito, contamos com a apresentação oficial da nova gama até ao final do primeiro trimestre de 2022, portanto, até ao final do mês de março.

Importa ainda frisar que este anúncio foi feito pela própria Xiaomi através dos seus canais oficiais, neste caso através do seu perfil no Twitter. Trata-se de um forte motivo de orgulho para a fabricante liderada por Lei Jun e um desafio para o seu futuro.

Muito em breve ficaremos a conhecer os Xiaomi Redmi Note 11

240 million devices of the Redmi Note Series have been with you worldwide! #NoMiWithoutYou pic.twitter.com/cNwh9A5BVh

— Xiaomi (@Xiaomi) 17 de janeiro de 2022

A propósito, tal como demos a conhecer anteriormente na 4gnews, a nova gama Redmi Note 11 chegará também à Europa, muito provavelmente com preço competitivo à semelhança da geração atual caso as fugas de informação estejam certas.

Entre as principais melhorias da próxima geração estará o processador, bem como o ecrã usado nos vários modelos a compor a próxima gama Redmi Note 11. Até ao momento, contudo, não temos uma data oficial para a apresentação dos produtos.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com