Xiaomi prepara-se para abrir 100 lojas em Espanha em 2019

Filipe Alves

Xiaomi prepara-se para abrir 100 lojas em Espanha em 2019A Xiaomi entrou na Espanha poucos meses antes de ter entrado em Portugal. A empresa chinesa, ao contrário do que aconteceu no nosso país, abriu lojas quase desde a sua entrada.

Neste momento a Xiaomi já tem mais de 10 lojas oficiais abertas no país vizinho e prepara-se para abrir mais 100 lojas em 2019.

Vê ainda: OnePlus: Smartphone Android preparado para o 5G demorará a chegar…

Ainda que este seja um motivo para celebrar, a Xiaomi só abrirá estas lojas oficiais porque está com problemas com os retalhistas que reclamam os baixo preços dos smartphones. Ou seja, a baixa comissão de venda dos produtos nas suas lojas.

Xiaomi investe em Espanha mas nada indica sobre Portugal

A medida da Xiaomi fará com que a longo prazo consiga ter ainda mais destaque. Com mais de 100 lojas por todo país, será muito mais simples para vender os terminais a baixo preço e oferecer um serviço pós-venda com mais qualidade do que oferece neste momento.

Porém, esta medida também nos deixa a questionar sobre a possível abertura de uma loja no nosso país. Portugal tem gostado dos smartphones Xiaomi, contudo, o alto valor de uma loja física faz com que os utilizadores e amantes da marca continuem a apostar nas lojas oriundas da China.

Assim sendo, só há uma forma de conseguirmos ver a Xiaomi mais forte em Portugal. Fazer o mesmo que fará em Espanha. Isto é, evitar os retalhistas e oferecer um serviço personalizado aos clientes portugueses.

Visto que Espanha tem 40 milhões de habitantes e Portugal apenas 10 milhões, questionamo-nos até que ponto é que a Xiaomi olhará para o nosso mercado de forma séria. Rumores anteriores referiam que a empresa chinesa estaria prestes a abrir uma loja em Lisboa. Porém, o ano de 2018 está a acabar e nada vemos sobre isso.

Editores 4gnews recomendam:

Huawei P Smart: Todos os detalhes revelados antes da apresentação

Huawei P30 Pro poderá voltar a redefinir a qualidade de Fotografia

Apple: Sucessor do iPhone XS Max será mais fino graças à Samsung

Fonte

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.