Xiaomi 12S Pro vai estrear este processador de topo

Mónica Marques
Comentar

Os últimos rumores divulgados apontam para que seja o Xiaomi 12S Pro a estrear o novo processador Dimensity 9000+ da MediaTek.

As expetativas são altas, uma vez que o novo chip de topo da MediaTek supera não só o seu congénere Dimensity 9000 como também o Snapdragon 8+ Gen 1 da Qualcomm.

Xiaomi 12S Pro vai chegar com MediaTek Dimensity 9000+ aos comandos

Mediatek Dimensity 9000+
Esta semana, a MediaTek apresentou oficialmente o novo chip Dimensity 9000+ Crédito@MediaTek

O conhecido leaker Digital Chat Station anunciou hoje, na rede social Weibo, que a Xiaomi irá apresentar um novo smartphone equipado com o recentemente anunciado processador Dimensity 9000+ da MediaTek.

Ao que tudo indica, o terminal em questão será o Xiaomi 12S Pro que terá duas variantes, uma com o novo processador de topo da MediaTek e outra com o igualmente recente Snapdragon 8+ Gen 1. Parece que a marca chinesa quer mesmo responder às expetativas de todos os utilizadores e oferecer opções de escolha.

As expetativas para o novo chip de topo da MediaTek são altas, sobretudo depois de ser noticiado que este terá superado em desempenho não só o seu congénere Dimensity 9000 (como é suposto), como também o seu grande rival Snapdragon 8+ Gen 1.

Anunciado esta semana, o Dimensity 9000+ traz consigo algumas melhorias relativamente ao chip Dimensity 9000. Como por exemplo, o aumento do desempenho da CPU em 5% e também a melhoria de desempenho da GPU em 10%.

Outras alterações compreendem o aumento da frequência do grande núcleo Cortex-X2 de 3,05 GHz para 3,2 GHz, além de o novo chip Dimensity 9000+ suportar memória RAM LPDDR5X, o que torna os smartphones mais rápidos.

Especificações esperadas no Xiaomi 12S Pro

Quanto ao novo modelo Xiaomi, vários rumores divulgaram já algumas das suas especificações cruciais. Assim espera-se que o 12S Pro chegue equipado com um ecrã AMOLED de 6,55 polegadas com uma resolução de 1080 x 2400, sendo que a taxa de atualização deverá ser, como é hábito na marca, de 120 Hz.

O terminal vai também contar com uma configuração de câmara traseira tripla com um sensor primário de 64 megapixéis, complementado por um ultrawide de oito megapixéis e um macro com cinco megapixéis de resolução.

Chega a executar o sistema operativo Android 12 sob a interface MIUI 13 e será alimentado por uma bateria de 4.500 mAh com suporte para carregamento rápido de 67 watts.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.