O Windows 10 é um sistema operativo que se encontra em constante desenvolvimento. Depois de há poucos dias ter sido libertado o novo Creators Update, a Microsoft está já a desenvolver a próxima grande atualização para o seu sistema operativo.

Por enquanto conhecida apenas como Redstone 3, esta atualização promete uma grande revolução em termos de design para o Windows 10. Logo é natural que se comece já a ter algum vislumbre do que poderá ser o Project Neon.

   

Vê também: Windows 10 Cloud irá acompanhar o Surface CloudBook

Hoje tomamos conhecimento de uma nova funcionalidade que poderá, ou não, vir a ser parte integrante da Redstone 3. Alegadamente, a Microsoft está a testar internamente uma nova funcionalidade que trará os separadores a qualquer aplicação do Windows 10. E aqui inclui-se, até, o explorador de ficheiros.

aplicação não optimizada para a Tabbed Shell

Os separadores começaram a ganhar uma maior popularidade quando introduzidos nos browsers. Com esta funcionalidade é-nos possível ter vários sites abertos simultaneamente na mesma janela, tornando a navegação entre todos mais simples.

E é precisamente esta filosofia que a Microsoft quererá implementar no Windows 10. Conhecida como Tabbed Shell, esta será uma funcionalidade ao nível do código fonte do Windows. Isto significa que todas as aplicações a passarão a suportar, seja ela oriunda da Windows Store ou instalada manualmente pelo utilizador.

Embora seja uma funcionalidade que não requeira obrigatoriamente uma adaptação por parte dos desenvolvedores, a Microsoft libertou as API´s correspondentes. Isto para que os desenvolvedores possam adaptar as suas aplicações à Tabbed Shell apenas para prevenir a duplicação da barra de título e botões de fechar, minimizar e maximizar nas mesmas. Algo semelhante ao que podes ver na imagem acima, cortesia da Windows Central.


Está ainda por saber se esta será uma função ativa por defeito ou se apenas se manifestará quando tiveres duas janelas da mesma aplicação abertas.

Por enquanto isto não passam de testes internos levados a cabo pela Microsoft. Deste modo, é ainda incerto se algum dia esta funcionalidade poderá vir a ser disponibilizada para o utilizador final. Mas eu sou a favor de que a mesma seja disponibilizada, pois, acredito, será uma mais valia para todos os utilizadores do Windows 10.

Outros assuntos relevantes:

Será possível solicitar o reembolso de jogos da XBox e Windows 10 em breve

HTC One X10: novo gama média da marca apresentado oficialmente

Instagram Stories já é mais utilizado que o próprio Snapchat