Windows 10 Cloud

O próximo evento da Microsoft será já no próximo dia 2 de maio. A empresa de Redmond deverá apresentar o Windows 10 Cloud, uma nova versão do seu sistema operativo mas não se ficará por aí.

De acordo com um novo rumor, depois de ter criado uma nova Coleção de aplicações na Windows Store chamada “Students and Scholars”, a Microsoft deverá mesmo avançar para a apresentação de um dispositivo seu com Windows 10 Cloud.

   

O mesmo deverá pertencer à gama Surface mas, como é óbvio, a uma linha de produto diferente, uma vez que não será Surface Pro e, como o nome indica, terá a versão mais soft do Windows 10. Desta forma, o nome do terminal deverá ser Surface CloudBook.

O Surface CloudBook, por ser Surface, deverá em um híbrido do mais comum que se possa pensar. Deverá também ter um fantástico corpo em metal e a maior questão que surge em volta desse é se o seu teclado será metálico – como o do Surface Book – ou se será mais maleável como nos produtos Pro.

Surface Pro 4

Seja de que forma for, o CloudBook terá um preço bastante cativante para qualquer potencial comprador dado que a versão do Windows 10 do mesmo será mais limitada. Isto é, será mais restrita na medida em que só poderão ser instaladas aplicações provenientes da Windows Store, como é o caso daquelas que integram a Coleção “Students and Scholars”.

Vê também: BITZER: nova agência de eSports quer profissionalizar o “gaming” em Portugal

Ainda que faltem menos de três semanas de separação entre o evento da Microsoft, haverá imensa tinta para escrever o que será este produto e como poderá rivalizar com os Chromebooks. Certamente que será interessante assistir a entrada da empresa de Redmond neste mercado onde a Google já marca pontos.

Outros assuntos relevantes:

Nintendo Classic Mini descontinuada! A empresa deve detestar dinheiro

iOS vs Android : O delicado equilíbrio de forças segundo a Kantar

Nintendo Switch: Anunciado o lançamento do Minecraft para esta consola

ViaWinphone Metro
FonteMSPoweruser
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.