WhatsApp vai finalmente acabar com a sua maior falha

Bruno Coelho
Comentar

Apesar das polémicas nas suas mais recentes políticas de privacidade, o WhatsApp continua a ser o serviço de mensagens instantâneas mais utilizado em todo o mundo. Mas está longe de ser perfeito.

Quando falamos de utilizar o WhatsApp em vários dispositivos em simultâneo, essa é uma característica muito limitada. Contudo, está agora garantido que isso está prestes a mudar.

WhatsApp vai permitir uso de contas em até quatro dispositivos

Em conversa com o WABetaInfo, foi o próprio CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, a confirmar a novidade. Em breve será possível a usar a mesma conta em até quatro dispositivos em simultâneo.

Isto é prática comum em serviços concorrentes, mas algo que o WhatsApp simplesmente ainda não oferece. “Tem sido um grande desafio técnico juntar todas as vossas mensagens e conteúdo”, afirma Zuckerberg. Will Cathcart, líder do WhatsApp, afirma que esta funcionalidade vai chegar à versão beta pública dentro de dois meses.

WhatsApp para iPad já em desenvolvimento

Esta é uma novidade que promete abrir outras portas. O suporte para o iPad será uma realidade, e a app também já se encontra em desenvolvimento.

Outra característica confirmada é o “modo de desaparecimento”. Este vai permitir enviar mensagens que desaparecem ao fim de 7 dias. Esta é uma característica já anteriormente descoberta pelo WABetaInfo.

Também confirmado foi que vai chegar ao WhatsApp a função de “Ver uma vez”. Tal como acontece, por exemplo, no Instagram o recetor só poderá ver as fotografias ou vídeos que enviares uma vez. De seguida desaparecem.

Estas são apenas algumas características que vão, em breve, chegar ao WhatsApp. Para ficares a par de todas as novidades, segue a nossa constante cobertura a este e outros serviços.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi Band 6 atinge números impressionantes globalmente
  • 13 apps e jogos temporariamente grátis para o teu smartphone Android
  • Xiaomi: smartphone inesperado foi descoberto antes de tempo
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.