WhatsApp para Android trará uma nova funcionalidade de segurança que vais gostar

Filipe Alves
Comentar

O WhatsApp continua a evoluir. A aplicação trará uma nova funcionalidade para utilizadores Android que promete melhorar (ainda mais) a segurança das suas conversas.

De acordo com as mais recentes informações, está para chegar o reconhecimento facial para desbloquear a App no sistema Android. Esta já é uma funcionalidade que chegou ao iOS (muito porque a Apple foi removendo leitor de impressões digitais em prol do FaceID).

WhatsApp para Android trará reconhecimento facial à aplicação

WhatsApp

Assim sendo, se és daqueles que tem um smartphone Android e prefere utilizar o reconhecimento facial em vez do leitor de impressões digitais, ficarás feliz ao saber que o poderás utilizar no WhatsApp em breve.

Ainda não há datas para que os utilizadores recebam a novidade, porém, o WhatsApp já nos mostrou que está a trabalhar arduamente para nos dar novas funcionalidades.

WhatsApp está a evoluir de forma considerável

Durante muitos anos, principalmente depois da compra do Facebook, o WhatsApp pouco evoluiu. Contudo, isso tem mudado nos últimos tempos.

O WhatsApp Web está mais completo e as funcionalidades (como o Dark Mode) já estão disponíveis para Android e iOS. Ou seja, a equipa de programadores está, efetivamente, a ouvir os seus utilizadores.

Ainda assim, o WhatsApp tem muito a evoluir. Ainda que seja a plataforma de mensagens mais utilizada no mundo, continua a deixar a desejar nas chamadas de vídeo ou de voz. Onde outras Apps, como por exemplo o Google Duo, estão a anos luz. Principalmente no que toca à qualidade de imagem e som nas chamadas.

Em suma, é bom ver o WhatsApp a evoluir. As implementações demoram o seu tempo, todavia, vemos uma maior vontade de evoluir uma aplicação que é das mais utilizadas no mundo.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.