WhatsApp: esperada funcionalidade não será tão boa quanto previsto!

Filipe Alves
Comentar

O WhatsApp é a maior aplicação quando se fala de Apps de comunicação. Assim sendo, é normal que qualquer nova funcionalidade desperte interesse.

Uma nova característica que se falava para o WhatsApp era a possibilidade de fazer das mensagens desaparecer. Contudo, hoje sabemos alguns pormenores da funcionalidade e está longe daquilo que se previa.

Como funcionarão as mensagens que desaparecem no WhatsApp

Nova funcionalidade do WhatsApp

Ao contrário de outras aplicações, como o Snapchat ou até Wickr, o utilizador não terá a possibilidade de definir o tempo para as mensagens se desaparecer.

Ou seja, terás a possibilidade de ativar ou desativar a funcionalidade. As mensagens desaparecerão da conversa 7 dias após o seu envio ou receção. Quando se trata de um grupo, quem definirá essa possibilidade é o administrador do grupo.

Assim sendo, não haverá grandes possibilidades de personalização, nem mensagens que desaparecem alguns segundos após o seu envio.

Dessa forma, não podemos dizer que é uma funcionalidade que mudará a forma de utilizar a aplicação. Vemos vantagens para aqueles utilizadores que têm smartphones com baixa memória. Porém, pouco mais que isso.

Quando chegará a funcionalidade ao teu WhatsApp

WhatsApp

a nova característica ainda está em fase Beta. O pessoal do WABetainfo mostrou-nos como será a funcionalidade, porém, não nos deu uma data concreta para vermos a nova característica nos smartphones da maior parte dos utilizadores.

Dessa forma, temos de esperar para ver. Ainda é possível que o WhatsApp mude a forma como esta característica funcionará até ao seu lançamento.

Em suma, o WhatsApp continua a melhorar consideravelmente. Porém, também continua a falhar em alguns aspetos em que Apps concorrentes estão melhores. Exemplo disso, é o excelente trabalho do Telegram.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.