Vivo patenteia smartphone que relembra os BlackBerry!

António Guimarães
Comentar

As fabricantes de smartphones estão constantemente a registar patentes, seja para novos equipamentos ou simplesmente para guardar ideias para o futuro. Através da CNIPA, o escritório de propriedades inteletuais da China, chega-nos uma patente fora do comum, registada pela Vivo.

A Vivo é uma marca de smartphones chinesa que compete diretamente com a Xiaomi e Oppo, em vários mercados. A sua patente mostra um smartphone com aspeto tradicional até olharmos para a parte inferior, que contém um módulo rotativo, como se fosse uma câmara mas apenas em baixo.

dfdsdfd
Teclado na parte inferior do ecrã? BlackBerry much?

De acordo com as imagens da patente, o bizarro design parece querer incluir um teclado no módulo rotativo inferior. Não é claro se este teclado será físico ou digital mas uma coisa é certa: é reminiscente aos teclados da BlackBerry. Principalmente o BlackBerry Key2 LE.

Este foi um dos últimos smartphones da marca a serem lançados. O equipamento possuia Android e um teclado reduzido na parte inferior. Embora não fosse rotativo, o design desde misterioso smartphone da Vivo é certamente semelhante.

Será um formato prático?

É importante salientar que apenas se trata de uma patente, pois não sabemos se a Vivo irá de facto lançar um equipamento com este design. Seja como for, podemos pensar: o quão prático será um smartphone atual com um módulo de teclado rotativo?

Se considerarmos que a entrada de carregamento e colunas costumam estar na parte inferior, este design só irá complicar a sua utlização. Além disso, o teclado inferior parece pequeno e pouco prático. Ainda assim, é interessante ver estas patentes das fabricantes.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.