Vê como funcionarão as aplicações Android em smartphones com ecrã rolável (vídeo)

Carlos Oliveira
Comentar

Neste final de ano adensaram-se os rumores da chegada dos smartphones com ecrã rolável. Esta ideologia deverá ser a próxima moda, mas aquilo que pouca gente pensa, para já, é como funcionará o software.

A Google, no entanto, já está a pensar no assunto e deixou a primeira pista do comportamento do seu sistema operativo. Através do emulador do Android Studio, já temos um vislumbre de como funcionarão as apps neste formato.

Aplicações adaptar-se-ão automaticamente ao tamanho do ecrã

O vídeo partilhado é curto, mas dá para termos uma ideia de como se portarão as aplicações Android neste formato. A cobaia para esta demonstração foi o Youtube e revela-nos como ele se conseguirá adaptar automaticamente à dimensão do ecrã do smartphone.

Num primeiro momento, vemos um ecrã aparentemente convencional e uma interface bastante familiar. A novidade acontece quando o ecrã do equipamento é expandido e vemos a interface do Youtube a adaptar-se à nova resolução.

Aquilo que vemos neste vídeo foi equacionado para um dispositivo com ecrã de 7.4 polegadas quando totalmente aberto. O mesmo suportará várias resoluções, nomeadamente 2428 x 1600, 2428 x 1366 ou 2428 x 1080.

Rolable screen

Não há muito mais que possamos retirar deste vídeo. Todavia, isto é demonstrativo que os ecrãs roláveis serão o futuro do mercado mobile, até porque a Google já se encontra a adaptar o Android para essa filosofia.

Samsung e LG serão as primeiras a lançar um smartphone com ecrã rolável

Quando falamos em smartphones roláveis, as marcas melhores posicionadas para alcançar esse objetivo são a Samsung e LG. As tecnológicas sul-coreanas dominam o mercado de ecrãs, por isso, não admira que estejam na linha da frente desta inovação.

Vários rumores sustentam que elas serão as primeiras a comercializar este género de smartphones. Alguns acreditam que tal possa acontecer já no primeiro trimestre de 2021, mas, por enquanto, são apenas rumores.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.