União Europeia recorre a estratégia peculiar para pressionar a Apple

Rui Bacelar
Comentar

Irredutível na manutenção da porta e conexão Lightning nos smartphones mais populares do mundo, os Apple iPhone, a tecnológica de Cupertino enfrenta uma pressão crescente do legislador europeu. Agora, contudo, a União Europeia empregou uma estratégia peculiar para sensibilizar a opinião pública e acrescentar pressão à tecnológica norte-americana.

O órgão supra-nacional fê-lo através do uso de memes, imagens satíricas em voga na cultura popular com o intuito de aproveitar um sentimento comum a milhares de consumidores que estarão "perdidos numa selva de carregadores". A crítica é óbvia, a dualidade de critérios da Apple ao usar a porta USB do Tipo C em vários produtos, incluindo os iPad, mas não nos iPhone.

Perdido numa selva de carregadores? A crítica da UE à Apple

UE Carregadores Apple

Esta publicação foi feita nas redes sociais da União Europeia, nomeadamente através do LinkdIn, bem como no perfil de Twitter e demais canais oficiais. A publicação foi rapidamente partilhada, sobretudo no Twitter, aumentando a difusão deste meme.

Em pouco tempo a crítica implícita à Apple foi detetada pelos utilizadores que, em boa parte, aderiram à causa e aumentaram o tom da crítica à gigante de Cupertino. Note-se que até ao momento a empresa de Tim Cook não dá sinais de mudança na sua posição.

Someone tell Apple pic.twitter.com/ODETtiuIIi

— Theo Priestley (@tprstly) 15 de abril de 2022

Por outro lado, a maioria das fabricantes Android já aderiu há mais de dois anos à porta USB do Tipo C. Desse modo, virtualmente todos os smartphones Android atualmente à venda usam a mesma conexão para transferência de dados e carregamento.

Tal medida facilita bastante o processo diário, ou quase diário de carregamento podendo trocar carregadores entre diversos dispositivos e diversas marcas. Ou seja, qualquer carregador USB do Tipo C é capaz de carregar um determinado telefone Android.

O mesmo não é válido, contudo, para os telefones Apple que empregam a conexão Lightning para transferência de dados e carregamento. Por outro lado, esta mesma Apple usa a conexão USB do Tipo C em alguns modelos de iPad.

Menos desperdício e comodidade para o quotidiano dos utilizadores, o clamor da União Europeia

🔌 Consumers spend €2.4 billion annually on standalone chargers.Our proposal for a common charging solution for portable electronic devices will reduce:👛costs🗑️annual e-waste.A win for people and the environment.#EndChargerChaos @DigitalEU

— European Commission 🇪🇺 (@EU_Commission) 15 de abril de 2022

A União Europeia afirma ainda que tal prática acarreta mais custos para o consumidor, além de um maior impacto no ambiente fruto do lixo eletrónico gerado com vários tipos de carregadores no mercado e em utilização no quotidiano.

Recordamos que a Comissão Europeia quer implementar um carregador universal na União Europeia para todos os equipamentos eletrónicos compatíveis. Ou seja, o USB Tipo-C é o carregamento desejado por esta entidade europeia.

De igual modo, com o objetivo de reduzir a pegada ambiental relacionada com o descarte de carregadores, a Comissão Europeia propõe que o carregador seja vendido separado dos dispositivos eletrónicos.

Comissão Europeia

Por outras palavras, a Comissão pretende que o carregador seja vendido sozinho para maior comodidade dos utilizadores e pela razão ambiental já referida.

Por fim, a ideia de carregamento único não é nova no espaço europeu. Aliás, desde 2009 que a União Europeia desenvolve esforços para esta ser uma realidade.

A propósito, recorde-se que, por essa altura, a UE e os fabricantes de telemóveis assinaram um acordo voluntário para reduzir o número de carregadores disponíveis. Nessa altura, existiam 30 modelos diferentes no mercado europeu que, graças ao acordo, foram reduzidos para três modelos – Apple Lightning, USB Tipo-C e USB 2.0.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com