TV da Huawei será a primeira a receber a nova versão do sistema operativo para smartphones

Filipe Alves
Comentar

As novas Huawei smart screen, reveladas há uns tempos, foram as primeiras a receber o sistema operativo destinado da Huawei, Harmony OS, também conhecido por HongMeng OS na China.

Contudo, na altura, foi dito que o sistema ia apenas servir para pequenos gadgets. Pois bem, na conferência para desenvolvedores de 2020 a Huawei referiu que o novo Harmony OS 2.0 está pronto para mais gadgets, incluindo smartphones.

TV da Huawei será a primeira a ter a nova versão do Harmony OS

TV Huawei com Harmony OS 2.0 para smartphones

Ou seja, a televisão que se estreou com o sistema operativo da Huawei, será também o primeiro gadget a receber a atualização do software que é destinado a computadores, relógios e smartphones.

O objetivo da Huawei é simples, ter um novo sistema operativo que consigam dar continuidade ao bom trabalho que têm feito no hardware. Isto porque o sistema Android sem serviços Google e "capado" não é bem recebido no ocidente.

Ainda não sabemos em concreto quais os primeiros smartphones que receberão o novo Harmony OS 2.0. Sabemos apenas que a Huawei já referiu que muitos dos seus smartphones, neste momento no mercado, serão atualizados do Android para o Harmony OS.

Não sabemos como será a reação dos utilizadores com esta mudança. Contudo, também temos ideia que a mudança de visual não será muita.

Deverá ser um choque maior nos computadores. Isto porque o ocidente está seriamente grudado no Windows e a Huawei já referiu que passa pelo seu objetivo abandonar o sistema operativo da Microsoft nos seus computadores.

A Huawei está numa situação delicada e as eleições de novembro nos Estados Unidos podem ser a única solução da marca asiática. Caso Joe Bidden (concorrente de Donald Trump à presidência dos EUA) ganhe as eleições, ainda há uma luz ao fundo do túnel.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.