The Last of Us: nova sequela está a deixar os programadores loucos!

António Guimarães
Comentar

Conforme relata a Kotaku, os programadores do estúdio de jogos Naughty Dog estão a passar um mau bocado com o desenvolvimento do The Last of Us: Part 2. Em fevereiro, o estúdio teve algumas obras de remodelação durante a noite, que colocou em risco a vida de alguns funcionários.

Uma viga de metal caiu de um dos andares, espatifando-se no andar de baixo. Os trabalhadores de construção provavelmente assumiram que não estava ninguém nos escritórios, mas estavam enganados. Havia programadores a fazer horas noturnas, trabalhando arduamente no desenvolvimento da sequela.

Os proprietários do edifício despediram prontamente a equipa de construção e contrataram outra. A empresa também renovou os seus protocolos de segurança, de forma a evitar acidentes semelhantes no futuro. Contudo, a raíz do problema é outra: horas a mais.

Programadores tem trabalhado exaustivamente no desenvolvimento do jogo

Em entrevista com a Kotaku, um dos programadores da Naughty Dog admitiu que "o jogo está a ficar excelente, mas a um custo elevado para os funcionários". Fazer horas extra é uma ocorrência normal na indústria de desenvolvimento de jogos, mas os funcionários da Naught Dog estão exaustos.

A empresa tem uma política perfecionista que resulta em jogos com atenção aos mais ínfimos detalhes. No jogo Uncharted 4, por exemplo, dar um tiro num saco de sementes resulta no saco a esvaziar-se, enquanto as sementes saem. Este tipo de detalhe visual é o resultado de horas e horas de trabalho.

Desta forma, para atingir tais resultados, os programadores têm trabalhado turnos acima de 12 horas, distribuídos entre a noite e o dia. Adicionalmente, há turnos ao fim de semana, o que significa que os funcionários têm sacrificado as suas vidas pessoais em prol do desenvolvimento do jogo.

Aproveita para conhecer a lista dos melhores jogos grátis para PC. Se preferires jogar no telemóvel, descobre a nossa seleção de jogos para Android.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.