Testes 5G da Huawei atingem velocidades inacreditáveis na Suíça!

Vitor Urbano
2 comentários

A Huawei continua a apostar forte no desenvolvimento da sua rede 5G na Europa, mesmo depois dos vários ataques lançados por Donald Trump, que tentou fazer com que vários países banissem também a fabricante.

Um dos países que tem demonstrado uma próxima relação com a Huawei é a Suíça, onde foram realizados novos testes à sua rede 5G. Através de uma parceria com a operadora Sunrise, conseguiram bater o recorde de velocidades de download alcançadas utilizando um smartphone.

Huawei Suiça 5G

De acordo com os dados revelados, os testes foram realizados num linha 5G comercial e num ambiente real, não sendo realizados em cenários desenvolvidos em laboratório. Além disso, foram utilizados vários smartphones para que os resultados sejam ainda mais credíveis.

Velocidades de download acima dos 3Gbps estabelecem novo recorde!

Nos testes realizados, conseguiram alcançar a velocidade de 3,67Gbps, o que é simplesmente inacreditável se compararmos com os valores alcançados nas já tradicionais redes 4G. Até agora, os testes em cenários reais alcançavam habitualmente velocidades a rondar 1Gbps, tornando estes resultados ainda mais impressionantes.

Estas velocidades foram alcançadas ao utilizar 100MHz do espectro "C-Band", que tem uma rádio frequência entre os 4GHz e 8GHz. A "C-Band" é habitualmente utilizada por estações televisivas e também empresas responsáveis por satélites. De acordo com a Huawei, a utilização da "C-Band" é crucial para que as redes 5G possam ser um verdadeiro sucesso.

Além disso, a Qualcomm já afirmou que os seus atuais chips 5G têm capacidade para alcançar velocidades de até 7,5Gbps. No entanto, estes valores são apenas possíveis em experiências realizadas em laboratório, onde as condições são controladas ao mais pequeno detalhe.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.