Motorola moto XNeste momento já meio mundo sabe que a Lenovo decidiu eliminar a marca Motorola, ficando o nome Moto ainda para terminais. Agora no universo paira uma pergunta: Será que a Lenovo vai manter a ideologia da Motorola com preços acessíveis e Android stock?

Recapitula o assunto com a nossa Livecast!

Chen Xudong, o CEO da Lenovo já revelou os planos da Google sobre lançar a Play Store na China numa entrevista recente. Além disso também comentou no futuro dos terminais dizendo que a linha Moto devia ter sensores biométricos visto que praticamente todos os smartphones de alta-gama possuem essa funcionalidade. Xudong deixou claro que todos os futuros terminais da Moto vão ter esses mesmos sensores.

   

moto-x-play-x-style-4gnews
Outro assunto são os ecrãs. A Lenovo não planeia lançar smartphones com menos de 5 polegadas, o que pode significar o fim dos modelos Moto E ou uma readaptação. A nível de material a Lenovo pretende manter a construção de metal na China, deixando as opções em aberto para o mercado americano, devido ao sucesso da personalização Moto Maker.

Parecem todas boas notícias até ver, no entanto segundo os comentários feitos por Xudong a Lenovo planeia unir o Android puro da linha Moto com o seu Vibe UI. Significa que por volta de 2017 podemos ver smartphones com a marca Moto com um Android alterado e talvez com bloatware. A meu ver isso seria, desculpem-me a palavra, vomitar no legado da Motorola por completo.

Talvez queiras ver: