TCL iria mostrar um smartphone com ecrã expansível na MWC. Conhece o conceito

Carlos Oliveira
Comentar

Numa altura em que o mercado olha com atenção para os smartphones dobráveis, a TCL tem algo de diferente na manga. Segundo fontes da CNET, a empresa chinesa idealizou um smartphone com ecrã expansível.

As imagens partilhadas pela fonte são renders do equipamento, mas a CNET afirma um protótipo seria apresentado na MWC. Como a feira deste ano foi cancelada, não sabemos quando a TCL poderá mostrar este smartphone.

TCL

Segundo ecrã ficaria escondido atrás do ecrã principal

A ideia basicamente consiste em ter um smartphone que facilmente poderá atingir a dimensão de um tablet. Vimos isso com o Samsung Galaxy Fold, mas o conceito da TCL dispensa uma dobradiça para abraçar uma ideologia deslizante.

Assim, sempre que quisesses mais ecrã para ver um vídeo ou outra coisa qualquer, bastaria puxar o ecrã que se esconde na parte traseira do smartphone. No entanto, não podemos deixar de notar que não existe nenhuma interrupção entre os ecrãs, quando o smartphone está na sua dimensão total.

TCL

Isto deixa-nos a questionar de que forma iriam os dois ecrãs encaixar para parecer que temos um ecrã apenas. Afinal, quando o smartphone está "fechado" as suas laterais são curvas.

Acredito que a palavra protótipo encaixaria que nem uma luva neste equipamento. O conceito para este género de dispositivos pode até ser interessante, mas o processo de engenharia inerente é algo que me deixa verdadeiramente intrigado.

Será que alguma vez veremos este dispositivo no mercado?

Na MWC de 2019, a TCL mostrou um smartphone dobrável que nem os seus funcionários estavam autorizados a tocar nele devido à sua fragilidade. O mesmo modelo apareceu na CES deste ano, mas sem pressas para o lançar para o mercado.

Se a TCL está tão cuidadosa com o lançamento de um smartphone dobrável, nem quero imaginar o que seria com este com ecrã expansível. A verdade é que é um conceito tão futurista que o mercado ainda não está preparado para tal.

Marcas como a Samsung ou LG já submeteram patentes para equipamentos semelhantes, também sem previsões de chegada ao mercado. A TCL poderia ser a primeira materializar esta abordagem, mas até que ponte seria viável?

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.