SwiftKey Beta já tem Animojis para Android! Aprende a ativar!

Filipe Alves
Comentar

Os "Animoji", ou Puppets, chegaram ao Android com o Swiftkey Beta. O teclado da Microsoft trouxe a todos os utilizadores Android a possibilidade de criar um pequeno vídeo com um boneco.

Ainda que esta seja uma forma um pouco fútil de expressar os sentimos, acredito plenamente que vás gostar de experimentar. Assim sendo, vamos-te explicar como ativar estes "Animoji" do Swiftkey Beta de forma rápida e eficiente.

Instalar os Animoji passo a passo no Swiftkey Beta no teu Android

  • Instala a aplicação grátis na Google Play Store
  • Depois de instalares segue as instruções no ecrã para definires com ecrã principal (simples)
  • No topo de teclado (acima da tecla "1") clica no símbolo "+"

swiftkey animoji

  • Clica no ícone de um pequeno "panda"

swiftkey animoji

  • Dá as devidas permissões para ativar os "Puppets"

swiftkey animoji

  • Começa a gravar
  • Envia para qualquer aplicação ou contacto

Estes Animoji do SwiftKey deixam muito a desejar

A versão ainda está em Beta, por isso vamos dar um pequeno desconto. Contudo, para que já experimentou os da Apple, estes "Animoji" são terrivelmente maus.

Primeiramente o movimento da boca está longe de estar perfeito (vídeo acima). Os olhos também não correspondem à realidade e a expressão facial não é das mais detalhadas.

Swiftkey Animoji

Smartphones menos potentes terão problemas

Testei esta nova característica no Huawei P30 Pro e no Xiaomi Mi A2 Lite. Escusado será dizer que o Mi A2 Lite não se aguentou. Os Animoji são lentos e simplesmente impossíveis de usar. Já no Huawei P30 Pro (topo de gama) dá-nos os problemas referidos anteriormente.

Ainda assim, é uma opção que ainda está em desenvolvimento. Ou seja, vai demorar o seu tempo a ficar perfeito mas é um avanço considerável no reconhecimento facial sem tecnologia 3D.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.