surface 4

Olhar para um Microsoft Surface como um tablet é um grande erro de julgamento. Quando separado de seu teclado, um Surface parecer efetivamente um mero tablet, mas na prática este dispositivo é muito mais que isso, dando-te uma produtividade em tudo superior à de um tablet Android, por exemplo, mas como a mesma portabilidade.

Vê também: “UMA”: O novo serviço de televisão da NOS com comandos de voz e reprodução 4K

   

É por estas e outras razões que olho para um Surface como um must have para todos aqueles que trabalham longe de uma secretária mas que necessitam do poder de um computador diariamente.

2016 é sinónimo de um novo modelo e novas informações acerca deste futuro dispositivo foram recentemente avançadas. Segundo os novos rumores, o novo Surface Pro 5 poderá ser apresentado em setembro próximo, com características que o elevam mais uma vez face à concorrência.

Em primeiro lugar olhemos para o processador que deverá dar todo o poder a este novo dispositivo. Tudo aponta para que o eleito faça parte da nova gama de processadores Kaby Lake da Intel, que ainda não se encontram disponíveis. Esta nova gama deverá ser construída sobre processos de 14nm e mais económicos que os atuais Skylake.

Quanto a outras características, foi avançado que o ecrã deste Surface Pro 5 deverá possuir um resolução 4K UHD, mas até que ponto necessitamos de tamanha resolução num equipamento destes? Fica a pergunta no ar. Deverá ainda possuir uma bateria de maior capacidade, melhorias na Surface Pen e trazer portas USB do tipo C.

Como podes ver, este deverá ser mais uma besta com o selo da Microsoft, mas o seu preço continuará a não estar ao alcance de todos. O novo Surface Pro 5 deverá manter-se na mesma gama de preços dos seus antecessores, ou seja, com preços que poderão começar nos 799€ e chegar aos 1799€.

Talvez queiras ver:

Viaphonearena
Fontemobipicker
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.