Sony Xperia Pro tem a maior câmara de vapor para arrefecimento para smartphones

Rui Bacelar
Comentar

O mais recente smartphone Android da Sony, o Xperia Pro custa cerca de 2500 euros. É, provavelmente, o único telefone digno do sufixo "Pro" uma vez que pode ser usado como acessório ou complemento para produção avançada de vídeo e fotografia.

Incrivelmente caro, o smartphone Sony foi criado para atender às necessidades de um nicho muito específico de utilizadores e, entre os seus trunfos, está o sistema de refrigeração. Temos aqui a maior câmara de vapor alguma vez usada num dispositivo móvel.

O Sony Xperia Pro surpreende com a sua câmara de vapor interna

Sony Xperia Pro
Interior do smartphone Sony Xperia Pro. Crédito: JerryRigEverything

A descoberta foi feita pelo youtuber Zach, responsável pelo canal JerryRigEverything onde são periodicamente desmontados os mais variados smartphones. O canal ganhou popularidade pelos testes de durabilidade efetuados a vários smartphones de gama alta.

O mais recente foi o Sony Xperia Pro, um smartphone que não está disponível em Portugal, mas que represente a nova abordagem da Sony ao mercado de smartphones. Trata-se de uma ferramenta para criativos e produtores avançados de conteúdo.

O que acima podemos ver (na imagem) é o aspeto da câmara de vapor, o componente responsável pelo arrefecimento do telefone. É um dos maiores componentes do smartphone, sendo composto por várias camadas de metal, silicone e outros componentes.

O Sony Xperia Pro é um dos smartphones mais avançados do mercado

Acima vemos o "tratamento" deste canal ao novo Sony Xperia Pro. No entanto, o youtuber vai mais além e desmonta o telefone, mostrando-nos os seus componentes internos para gáudio dos mais entusiastas e técnicos de reparação de smartphones.

Veja-se, em particular pormenor, a câmara de vapor cuja placa metálica serve de interface para a troca de calor e arrefecimento do produto. Temos várias camadas finas de grafite para remover o calor dos componentes vitais como o processador e antenas 5G.

A câmara de vapor contém uma solução criada para evaporar quando o telefone aquece, ajudando assim a dissipar o calor, e condensar mal a temperatura baixa. O ciclo repete-se ininterruptamente a menos que esta câmara de vapor seja aberta.

O teste de durabilidade deu a conhecer os limites deste smartphone Sony

Dificilmente veremos o Sony Xperia Pro a chegar ao nosso mercado, sendo um produto altamente específico e caro. Custando 2500 dólares, o produto usa o processador Snapdragon 865 da Qualcomm, o modelo de 2020.

Para quem quiser ver os seus limites de durabilidade, acima colocamos o vídeo original produzido pelo canal JerryRigEverything. Será, para muitos de nós, a única oportunidade de ver o Xperia Pro submetido aos vários rigores que pautam o seu teste.

Este é o smartphone da Sony criado para profissionais e porta-se como tal. É um instrumente de trabalho, ou pelo menos, tenta ser.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.