Snapdragon 450
Snapdragon 450 irá suceder ao Snapdragon 435

Por entre a várias gamas de smartphones do mercado, há uma marca que se destaca por oferecer a todas elas boas opções no que toca a sistemas de processamento. Falo da Qualcomm, que é atualmente a maior produtora de micro-processadores para dispositivos móveis do mundo. O seu novo modelo de baixo consumo está já a ser desenvolvido, sendo o seu nome Snapdragon 450.

Para uma pequena ideia das gamas de processadores da Qualcomm, estas dividem-se em três. A gama de topo é a série 800, onde o Snapdragon 835 reina neste momento, equipando terminais como o Samsung Galaxy S8 (no mercado norte-americano e chinês), o Sony Xperia XZ Premium e o Xiaomi Mi 6. Na gama-média há uma divisão entre performance e baixo consumo, reinando atualmente os Snapdragon 660 e 626, executando respectivamente as funções anteriormente descritas.

Vê ainda: Samsung Galaxy Note FE será mais potente que novos topos de gama

   

A gama de entrada, conhecida como a série 400, não fica mal na fotografia. O seu baixo custo de produção não deve ser confundido com o seu bom desempenho e, especialmente, excelente gestão do consumo de energia. Atualmente, o processador em revista desta linha é o Snapdragon 435, equipando ele terminais como o Xiaomi Redmi 4X.
E da parte da Qualcomm parece haver grande atenção para as suas gamas mais baixas. Assim sendo, a empresa norte-americana prepara-se para lançar o seu novo processador Snapdragon 450, o novo gama-baixa desta empresa. Isto mesmo é confirmado por Roland Quandt, numa publicação sua através da rede social Twitter.


Tal como o Snapdragon 430 e 435, o novo chipset será um octa-core (oito núcleos), o que permitirá melhor performance com frequências mais baixas. No entanto, este trará a novidade de beneficiar de uma arquitetura mais recente, de 14nm, superiorizando-se ao processo de construção de 28nm dos seus antecessores.

O Snapdragon 450 será o novo processador de baixo consumo da Qualcomm

Os oito núcleos do Snapdragon 450 serão todos Cortex-A53 da ARM, com uma GPU à frequência de 600MHz. Em termos de poupança de energia, este processador deverá equiparar-se (e provavelmente superar) os Snapdragon 625 e 626, apenas ficando atrás em performance e compatibilidade (não deverá ter suporte para dual-câmara, por exemplo).

Pormenores sobre o suporte e versão LTE não foram ainda revelados, bem como outros tipos de conectividade compatíveis. É, no entanto, esperado que este processador seja compativel com o sistema de carregamento rápido da Qualcomm, o Quick Charge 3.0.

Por ultimo, nada é mencionado quanto à data de lançamento deste modelo. Sendo o Snapdragon 435 relativamente recente, talvez tenhamos de aguardar até ao final deste ano (ou, quem sabe, inícios de 2018) para ver o Snapdragon 450 chegar ao mercado.

Outros temas relevantes:

Huawei já é uma das 100 marcas mais valiosas para a Forbes

Xiaomi WiFi Amplifier: Melhora a tua internet em casa por menos de 10€

Galaxy Note 8: leitor biométrico estaria a causar problemas de brilho no ecrã

ViaGizmochina
FonteRoland Quandt (Twitter)

Editor 4gnews e estudante de Direito, nos tempos livres é mais provável encontrar-me a explorar novos géneros musicais, filmes e séries e a passar um bom tempo com amigos e família.