Smartphones Huawei mudarão para melhor! Entende

Filipe Alves
Comentar

Os smartphones Huawei são de qualidade no que toca ao hardware. Os dispositivos tem um design de qualidade, câmaras fantásticas e um desempenho digno de topo de gama (quando assim é o caso).

Ainda assim, há um pormenor que todos os nerds gostavam de ter visto nos smartphones da Huawei. Um pormenor que um utilizador "normal" não pensa ser um problema.

Processadores Qualcomm nos smartphones da Huawei

smartphones Huawei processadores Qualcomm

A Qualcomm já solicitou ao governo americano para poder negociar com a Huawei de forma a oferecer processadores para os seus smartphones.

Esta é uma decisão seriamente difícil para a Huawei. Isto porque a marca já há muitos anos que tem trabalho nos seus processadores Kirin. Porém, foram esses processadores que começaram os problemas com o governo americano.

Se a Huawei escolher a Qualcomm a situação pode melhorar

Quando a Huawei tentou entrar no mercado americano foi-lhe dada a possibilidade de o fazer com a mudança dos seus processadores pelos da Qualcomm.

Algo que a Samsung tem feito nos últimos anos. Por exemplo, o Galaxy S20 é vendido nos EUA com um processador Qualcomm e na Europa com os processadores Exynos da Samsung.

A Huawei recusou-se a fazer e as "entidades de inteligência" dos EUA referiram que estes processadores Kirin podiam ter backdoors escondidas e que era um risco dar os seus smartphones ao público norte-americano.

Este foi o primeiro entrave do governo americano à Huawei. Situação que acabou por se agravar e está numa situação devastadora para a fabricante chinesa.

Qualcomm pode ser a salvadora da Huawei

Se a Qualcomm conseguir negociar com a Huawei significa que o governo norte-americano está pronto para dar uma segunda oportunidade à marca asiática. Ou seja, quiçá a Google conseguirá fazer o mesmo e voltarmos a ter os smartphones Huawei com serviços Google.

Porém, há quem acredite que tudo isto é um golpe político de Donald Trump de forma a levar a melhor da "guerra comercial" que continua a não ter fim.

Ao que parece, o Huawei Mate 40, que será lançado em setembro, será o último telemóvel da marca a trazer um processador Kirin. Teremos de esperar para saber qual será o futuro da Huawei.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.