O teu smartphone podia durar até 12 anos se as marcas quisessem...

Rui Bacelar
Smartphone smartphones reuters oficial
Segundo a opinião deste perito, o teu dispositivo móvel podia durar muito mais...©reuters

A obsolescência programada é um fenómeno que afeta não só os nossos dispositivos móveis - smartphones - bem como tantos outros itens. Desde as lâmpadas do nosso lar até aos eletrodomésticos que o complementam. Todavia, olhemos agora para a figura do smartphone.

Todavia e apesar desta acepção ser geralmente aceite pelos consumidores, não deixamos de ficar surpreendidos com as declarações feitas ao ElPais. E se o teu smartphone durasse até 12 anos? Sem falhar, sem "viciar" ou te desiludir no dia-a-dia?

Vê ainda: Xiaomi destaca-se na Espanha com o smartphone mais usado no país

Segundo a opinião de Benito Muros, presidente da Fundación Energía e Innovación Sostenible sin Obsolescencia Programada (Feniss) estamos a ser perfeitamente manipulados por este ciclo de obsolescência programada.

Em declarações ao ao ElPais, Benito afirma que "todos os fabricantes de smartphones e dispositivos móveis praticam a obsolescência programada em determinada altura". Acrescenta ainda que o fazem de formas distintas e em alturas distintas. Todavia, o resultado é sempre o mesmo...

A obsolescência programada e os nossos smartphones

"Quando o smartphone começa a ficar lente ou algumas aplicações já não funcionam. Aí o consumidor começa a pensar que já é normal, que está na hora de o trocar." Aponta Muros, acrescentando que atualmente a vida útil de um smartphone não ultrapassa os dois anos. Aliás, este é o período máximo durante o qual as fabricantes asseguram atualizações de software para os seus dispositivos móveis.

smartphone smartphones Apple iPhone XS Max iOS Reuters 1
Se o antigo não avariasse, quem compraria o novo? @reuters

"Após este período (2 anos) é frequente começarem a dar problemas". Algo que, em primeiro lugar, comprova a que foi dito e que, em segundo lugar, leva alguns consumidores a tentar reparar os seus dispositivos.

Todavia, os custos de reparação podem ascender até 40% do valor pago pelo terminal. Por conseguinte, acaba por compensar comprar um smartphone novo e não investir na reparação e manutenção do antigo.

"Se não fosse praticada a obsolescência programada um smartphone teria uma vida útil de 12 a 15 anos" - afirma Benito Muros. O fenómeno é generalizado mas torna-se mais evidente no mercado de smartphones, assim o afirma este perito.

Itália multou recentemente a Apple e Samsung

Tal como aqui demos a conhecer ambas as fabricantes foram multadas pelo orgão responsável pela concorrência daquele país, a AGCM. A sanção pecuniária foi aplicada face à comprovada lentidão aplicada aos smartphones antigos de ambas as marcas.

Apple smartphones reciclagem
Esta prática acaba por gerar imensos resíduos.

Em suma, mediante atualizações de software, tanto a Apple bem como a Samsung estavam a prejudicar os seus smartphones. O intuito aqui era simples e universal, levar os consumidores a comprar um dos novos produtos. Acelerando assim o ciclo de substituição dos mesmos.

Em primeiro lugar, bem mais do que pelo impacto financeiro em ambas as empresas, o caso serviu para trazer este tema a público. Falar da obsolescência programada é um começo para se começarem a colocar medidas em prática.

Antes mesmo da Itália, a França foi o primeiro país, membro da união, a investigar a tecnológica norte-americana, a Apple. Foi também o primeiro país europeu a introduzir medidas que visam a redução destas práticas que acabam por produzir imenso desperdício.

De momento Portugal não tem meios legais que se oponham a esta prática, sendo o primeiro passo a consciencialização da população. Todavia, até ao momento não sentimos que os consumidores peçam mais de 2 anos, tal é a aceitação desta prática.

Nesse sentido veja-se este estudo levado a cabo pela DECO que, apesar de ter sido publicado em 2015, ainda permanece atual. Tema também abordado por mais meios de comunicação nacionais.

Editores 4gnews recomendam:

O que é o Kodi e para que serve! Aqui está um rápido resumo

Smartwatch: Wear OS ‘H’ é uma atualização considerável

OnePlus 6T em Thunder Purple já está disponível para Portugal

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).