Serviços da Huawei são já os terceiros mais utilizados no mundo

Carlos Oliveira
Comentar

A Huawei lançou os Huawei Mobile Services (HMS) para os mercados internacionais no início de 2020. Hoje, a tecnológica chinesa dá a saber que este conjunto de aplicações é já o terceiro mais utilizado em todo o mundo.

O conjunto de serviços que visa colmatar a impossibilidade de usar os semelhantes da Google regista um saudável crescimento. De acordo com os dados publicados pela empresa, estes estão apenas atrás dos concorrentes da Google e Apple.

Huawei Mobile Services possuem 500 milhões de utilizadores ativos

Dados referentes ao final de 2020 mostram que são já 500 milhões aqueles que usam diariamente os serviços da Huawei. Estes distribuem-se por 170 países e regiões a nível mundial.

Huawei Mobile Services

O relatório financeiro da Huawei para 2020 dá conta de lucros na ordem dos 115 milhões de euros oriundos apenas dos Huawei Mobile Services. Isto representa um crescimento da receita de 3,8% face ao período homólogo de 2019.

O objetivo da Huawei é alargar ainda mais o espectro de influência dos seus serviços. Uma das suas intenções é que outras marcas possam também usar estas aplicações nos seus smartphones.

HMS contam com 2,3 milhões de programadores ativos

Foi também indicado que os HMS contam já com 2,3 milhões de programadores inscritos. Sem grande surpresa, a maior fatia de contribuidores está sediada na China, ao passo que apenas 300 mil são de outras nacionalidades.

Estes são números interessantes para uma plataforma que se lançou oficialmente no mercado há pouco mais de ano. Contudo, os números de participantes está ainda aquém dos seus principais rivais.

De acordo com os números da EvansData, a Play Store conta com 5,9 milhões de programadores ativos globalmente. Por seu lado, a App Store possui uma comunidade de 2,8 milhões de programadores.

Apesar das compreensíveis dúvidas iniciais, estes números mostram que os serviços da Huawei trilham um caminho bastante animador. A sua popularidade poderá crescer ainda mais assim que o HarmonyOS comece a chegar aos smartphones da tecnológica chinesa.

Por fim, a tecnológica deixa a nota de que mais de 20 marcas tecnológicas já expressaram o seu desejo em utilizar o HarmonyOS nos seus produtos. Em suma, tudo parece correr de feição neste reerguer de uma das mais influentes empresas de tecnologia do mundo.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.