15207787_10206385312426203_1695337571_n

Estamos já habituados a ler noticias sobre o alegado risco que milhões de smartphones Android poderão estar a correr no que toca a segurança. Que vários tipos de malware poderão ter fácil acesso aos nossos dispositivos, algo que facilmente evitamos se fizermos downloads dos sítios certos e de fontes credíveis.

No entanto, e por mais cuidadosos que possamos ser, há de facto uma razão para todo este alarme em volta dos terminais que correm Android. De acordo com Matthew Green, professor de Encriptação na Universidade John Hopkins, a mais recente versão Android 7.0 Nougat não representa os níveis de segurança exigíveis para os dias de hoje. Apesar de com o Nougat os dispositivos deixarem o método de encriptação “full-disk”, bastante ultrapassado, os níveis de segurança ainda não serão os ideais com o sistema de encriptação individual de ficheiros, considerando que as palavras-chave serão facilmente acedidas, estando elas alojadas na memória do dispositivo.

   

Ver também: iPhone 8 poderá vir com ecrã OLED e com curvas laterais

“Sendo otimista, pode-se argumentar que o [sistema] Android estará a seguir a direção certa. E mesmo que haja muito trabalho pela frente, uma inacabada implementação de uma proteção individual por ficheiro será melhor que a antiga proteção full-disk de encriptação Android.” – Matthew Green, no Blog Cryptographic Engineering

Se compararmos os níveis de segurança que Android e iPhone oferecem, podemos ver que, enquanto os dispositivos iPhone oferecem nada menos que quatro níveis de proteção, o Android Nougat apenas oferece dois, o que por si só deixará bastantes aplicações vulneráveis.

“Por outro lado, será fácil de detetar padrões bastante baixos [no Android Nougat]. Por outras palavras, a versão 2016 do Android tem dificuldades em implementar um sistema de encriptação que atinga os níveis de segurança que a Apple já consegue desde há seis anos para cá. E mesmo assim não estará a ser bem implementado. Tudo isto não abona a favor da segurança dos utilizadores Android.”

Enquanto que se pode argumentar que um utilizador cuidadoso poderá evitar tais problemas de segurança, nem todos os utilizadores terão o cuidado necessário, e considerando o crescente aumento de utilizadores Android, poderá ser de facto uma situação preocupante. Já quanto aos utilizadores de iPhone, estas poderão ser noticias bastante reconfortantes, considerando que o iPhone estará bastante mais avançado no que toca a segurança e irá proteger mais facilmente mesmo aqueles utilizadores mais descuidados.

Talvez queiras ver:

Bluboo Dual apresentado oficialmente com dupla-câmara e construção em metal 
Novo Nubia poderá contar com design irreverente
Zuk Edge: Novas imagens revelam todo o seu design