Samsung regista forte trimestre em vendas, apesar do COVID-19

António Guimarães
Comentar

O primeiro trimestre do ano (chamado de Q1 na indústria), foi positivo para a Samsung. A empresa coreana, à semelhança de tantas outras, revelou os seus resultados dos últimos 3 meses, que mostra uma fonte de receitas sólida. Mesmo com a pandemia de COVID-19, a Samsung conseguiu obter resultados favoráveis.

De acordo com a The Yonhap News Agency, a Samsung tem um crescimento anual previsto de 5.5%, registando 45 mil milhões de dólares em vendas. É importante salientar que este número refere-se à venda de todos os produtos da Samsung, desde telemóveis a fornecimento de ecrãs e chips.

Na verdade, de acordo com os especialistas, o que salvou a Samsung foi o seu negócio de semicondutores, um componente chave na construção de processadores. Em relação a telemóveis, as vendas têm vindo a descer, o que já estava a acontecer antes do surto de COVID-19.

sdfgsd

O segundo trimestre de 2020 será o verdadeiro desafio

Apesar do COVID-19 estar presente desde dezembro de 2019, os efeitos do novo coronavírus só se tem feito sentir nos últimos meses, chegando à América e Europa. Assim sendo, o período de maior desafio para as empresas será agora, no segundo trimestre (Q2).

Com lojas fechadas, menos tráfego nas ruas e menos fluxo nos centros comerciais, o negócio dos telemóveis vai descer consideravelmente. Sem procura, a oferta vai ser afetada, chegando à própria produção de equipamentos.

Desta forma, é bom que as empresas como Samsung, Huawei, Xiaomi e Apple (as 4 maiores do mundo) se preparem para um trimestre complicado.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.