Samsung poderá apresentar o seu próprio serviço gaming

Carlos Oliveira

Depois de a Google e a Apple terem apresentado os seus próprios serviços de gaming, a Samsung poderá seguir-lhes as pisadas. Recentemente a sul-coreana registou junto da USPTO a marca comercial PlayGalaxy Link.

Esta designação parece ser já bastante elucidativa das intenções da Samsung. Embora poucos pormenores tenham sido adiantados com o cumprimento deste trâmite legal, tudo parece indicar tratar-se de um novo serviço de gaming.

PlayGalaxy Link
Créditos: LestGoDigital

Na submissão desta marca comercial, temos uma longa descrição que nos indica o que esperar deste suposto serviço. A saber: "software de jogos para download, serviço para torneios de jogos online, serviço para jogar online jogos de Realidade Aumentada e Realidade Virtual, serviço acessível para dispositivos móveis".

Samsung quererá combater com o Apple Arcade e Google Stadia

Esta longa descrição praticamente confirma as intenções da sul-coreana. É praticamente certo que a sul-coreana quererá lançar um serviço concorrente aos já apresentados Apple Arcade e Google Stadia.

Ainda assim, não temos quaisquer indicações de como poderá funcionar realmente o PlayGalaxy Link. Será um serviço de streaming de jogos, tal como o Stadia? Ou irá a sul-coreana optar por uma abordagem diferente? Isto são questões cujas respostas acabarão por surgir nos próximos tempos.

A Samsung deu já um passo nesta direção ao formar parceria com a Hatch, uma das responsáveis por Angry Birds. Esta parceria serviu para o lançamento de um serviço de jogos na nuvem na Coreia do Sul. Por conseguinte, este poderá ser já um presságio para o que esperar do PlayGalaxy Link.

A acompanhar o anúncio deste serviço, poderemos igualmente ficar a conhecer um smartphone dedicado ao gaming. Há muito que se fala nessa possibilidade, embora ainda não se tenha materializado. Que melhor altura para o fazer do que aquando do lançamento de um serviço de gaming?

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.