Samsung promete resolver o problema no ecrã do Galaxy S20 Ultra

Carlos Oliveira
Comentar

O Samsung Galaxy S20 Ultra tem estado, ultimamente, nas bocas do mundo pelas piores razões. O topo de gama tem enfrentado alguns problemas na câmara e de sobreaquecimento na sua versão Exynos e ainda uma mancha verde no ecrã.

Após os relatos do último contratempo, a sul-coreana já se pronunciou sobre o assunto. Além de reconhecer o problema, a Samsung afirma estar a trabalhar numa solução para o mesmo.

Samsung Galaxy S20 Ultra está a apresentar manchas verdes no canto do ecrã

Esta semana começaram a surgir relatos de que o ecrã de alguns exemplares do Samsung Galaxy S20 Ultra começaram a apresentar uma mancha verde numa das laterais. Um problema que surgiu após a atualização de segurança de abril para o equipamento.

Galaxy S20 Ultra ecrã verde

Este cenário verifica-se apenas quando o utilizador tem a taxa de atualização do ecrã a 120Hz ativa e o brilho acima dos 25%. Caso se reduza a taxa de atualização para os 60Hz, a mancha desaparece.

A Samsung mostra-se confiante que será capaz de resolver a questão com uma simples atualização de software. Afinal de contas, foi depois da atualização de abril que o problema começou a manifestar-se.

Não foi, no entanto, avançada nenhuma data para a libertação desta atualização. Neste momento, a Samsung deverá estar a estudar o caso nos seus laboratórios e certamente que o resolverá o mais rápido possível.

Galaxy S20 Ultra com processador Exynos tem estado envolto em polémica

Para já não temos indicações de que o problema das manchas no ecrã esteja relacionado com o processador Exynos. No entanto, o mesmo não podemos afirmar dos problemas na sua câmara ou do seu sobreaquecimento.

Estes dois pontos têm sido atribuídos ao Samsung Galaxy S20 Ultra com o Exynos 990. A versão com Snapdragon 865 tem estado isenta deste género de relatos.

A origem da discórdia em torno do topo de gama da Samsung está precisamente neste ponto. O modelo comercializado na Europa parece estar abaixo da semelhante com o SoC da Qualcomm e isso é inaceitável para um equipamento que custa 1379€.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.