Samsung e Huawei vão batalhar pelo domínio do 5G

António Guimarães

O anúncio do Samsung Galaxy S10 5G surpreendeu muitos. É óbvio que a gigante coreana está preparada para atacar no futuro. O evento Unpacked de ontem foi um grito de guerra.

Nesse sentido, a operadora norte-americana Verizon apareceu no evento para declarar que Galaxy S10 5G será exclusivo temporariamente.

A Samsung também revelou os seus planos de implementação da tecnologia 5G no mundo. A empresa pretende não só ser a primeira a trazer um smartphone que suporte o novo protocolo mas também a mais importante a nível de infraestruturas.

A guerra de 2019 será pelo domínio da tecnologia 5G

Em primeiro lugar, ao mencionar infraestruturas de ligações de dados, existe uma grande jogadora nesse campo: a Huawei. A empresa chinesa possui uma fatia de negócio gigantesca no mercado de telecomunicações.

Certamente já deves ter visto um equipamento MEO ou NOS a exibir o logotipo Huawei. Eles são responsáveis por infraestruturas pelo mundo inteiro. Afinal, foi assim que começaram o seu negócio nos anos 80.

Assim sendo, ao anunciar os seus planos para o 5G, a Samsung está a competir com a Huawei também a nível de infraestruturas. O timing de toda esta situação é que poderá não ser muito benéfico para a Huawei.

A situação política da Huawei pode ser um trunfo para a Samsung

Primeiramente, como bem sabemos, a imagem da Huawei para com alguns governos do mundo está um pouco manchada. Temos vindo a ver nos últimos meses a rejeição do negócio da Huawei por parte de algumas nações. Adicionalmente, outros países recusaram a implementação do 5G por parte da gigante de Shen Zhen.

Embora esta não seja uma situação em escala gigante, estamos a falar de áreas onde a Huawei poderá estar completamente proibida de operar. Áreas essas onde a Samsung irá entrar com todo o gosto.

É importante mencionar ainda outras empresas concorrentes. A Nokia também tem um histórico de telecomunicações muito forte. Juntando-se à guerra temos ainda a Motorola e a Siemens. Toda estas são empresas que podem não ter uma grande fatia em vendas de smartphones mas são veteranas em telecomunicações.

Quem irá ganhar a corrida do 5G?

A tecnologia 5G é o próximo passo na ligação de dados móveis. Contudo, temos de ter atenção que irá demorar algum tempo até que a mesma se torne uma norma. Certamente te recordas da transição do 3G para o 4G. Não vai demorar décadas, é claro mas temos de estar cientes que a implementação terá custos bastante elevados.

Acredito que as marcas irão atacar os mercados mais próximos de si. Não há dúvida que na China será a Huawei a instalar tudo o que seja antenas e infraestruturas 5G. A Samsung poderá tentar o mesmo na Coreia e nos Estados Unidos. Na Europa temos uma presença forte da Huawei mas a Nokia e Ericsson irão certamente "bater o pé".

Em suma, a tecnologia 5G será um tema constante de conversa durante o ano de 2019. As fabricantes não tarda irão começar a lançar mais smartphones preparados para o futuro. Como consumidores podemos apenas assistir ao espectáculo.

Editores 4gnews recomendam:

O que é o HDR10+ do Samsung Galaxy S10? Porque é tão importante?

Huawei não perde tempo e já ‘atacou’ o Samsung Galaxy S10

Sensor biométrico ultrasónico do Galaxy S10! O que é? Porque importa?

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.