Samsung Galaxy Z Flip. Vídeo de hands on mostra o dobrável com uma estranha capa

Bruno Coelho
Comentar

A Samsung prepara-se para revelar oficialmente os seus novos smartphones topo de gama – os Galaxy S20. No mesmo dia 11 de fevereiro será também revelado o segundo smartphone dobrável da marca, o Galaxy Z Flip.

Desta vez em formato concha, a Samsung prepara-se para apresentar um dispositivo mais polido e com um formato que lhe dá um maior propósito na ótica da portabilidade. Depois de vermos o primeiro vídeo hands on há uns dias, agora surgiu no Instagram um novo vídeo onde o dobrável ‘concha’ é a estrela.

Samsung Galaxy Z Flip ANOTHER HANDS ON VIDEO LEAKED!(INAPPROPRIATE WORDS WRITTEN ON THE VIDEO WERE NOT WRITTEN BY ME)#galaxyZflip #samsung pic.twitter.com/J3UPOFhNQW

— Mr.Fantastic (@mrfantastictech) 7 de fevereiro de 2020

Neste pequeno vídeo posteriormente divulgado pelo reputado leaker Ben Geskin, vemos o Galaxy Z Flip a ser mostrado com capa. Em termos de design, o dispositivo vai ao encontro do anterior vídeo de hands on, e ficamos com uma ideia de como pode ficar com capa.

A capa fica com a parte central ligeiramente pronunciada na traseira, na hora em que o smartphone está aberto. Não é a solução mais vistosa em termos de design, mas adiciona segurança a um dispositivo potencialmente frágil.

Neste momento não há forma de confirmarmos se este será um vídeo do verdadeiro Galaxy Z Flip. No entanto, é o segundo vídeo nestas condições publicado por Ben Geskin em poucos dias, sendo esta uma fonte habitualmente credível.

Zona da dobragem não é visível no ecrã do Galaxy Z Flip

Olhando para estas imagens, o Galaxy Z Flip parece um dispositivo bem mais robusto que o Galaxy Fold. O ecrã será de vidro ultrafino, e a verdade é que a zona de dobragem nem se nota na parte central do ecrã.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.