Samsung Galaxy S11 pode ter sensor molecular: conhece os detalhes

Bruno Coelho
Comentar

A Samsung registou uma nova patente chamada “dispositivo eletrónico que inclui várias fontes de luz”. Este é um dispositivo descrito como um smartphone que contém um espectrómetro infravermelhos, que basicamente é um sensor molecular.

Tal como vemos na imagem abaixo (adaptada pelo Let’s Go Digital), vários sensores em comunhão com a câmara alcançam a espectrometria. Este sensor poderia, por exemplo, ajudar medir o nível de açúcar naquilo que comemos, e é uma possibilidade para o próximo Galaxy S11.

samsung galaxy s11 patente
Sensor calcula o açúcar contido em fruta. Crédito: Let's Go Digital

Esta seria uma característica que muitos utilizadores veriam como supérflua. No entanto, poderia ajudar a medir o nível de humidade na pele, bem como outros valores nutricionais.

Quantas vezes não quisemos saber determinado conteúdo de um medicamento – com esta tecnologia pode ser possível ao alcance do smartphone. Além disso, poderia trazer também o benefício de medir a frescura de determinado alimento ou o nível de glucose do sangue. Tudo vai depender de como for implementado.

A Samsung não seria a primeira a trazer a tecnologia num smartphone

Certo é que se a Samsung lançar este sensor no Galaxy S11, não será a primeira a fazê-lo num smartphone. Em 2017, o Changhong H2 foi o primeiro a chegar com um sensor molecular.

Certo é que se a Samsung lançar um dispositivo com esta tecnologia, coloca-a ao alcance de todos. Resta saber se este terá aceitação do público, e em que medida pode subir o preço do dispositivo.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.