Samsung Galaxy Note 9: Tudo o que sabemos sobre o phablet

Bruno Coelho
Samsung Galaxy Note 9 phablet
O próximo filho da linha Note deve chegar no verão.

Neste momento parece certo que o Samsung Galaxy Note 9 é a próxima joia da coroa da empresa sul-coreana. É esperado que em meados de Agosto a Samsung lance o seu próximo topo de gama. Os rumores têm-se adensado, e o phablet mais famoso do mundo pode revelar-se, no mínimo, conservador.

Neste momento trabalhamos muito com base nos rumores, logo as suposições que fizermos podem revelar-se erradas mais tarde. No entanto, o que já sabemos leva-nos a pensar que o Samsung Galaxy Note 9 trará as características que o permitirão ombrear com os melhores. Mas pode ser um lançamento desapontante.

Vê ainda: Android P: Tudo o que mudará com o novo software da Google

Design

Em termos de design, não esperamos ver grandes mudanças. Nesta altura não é expectável que a Samsung faça grandes alterações ao Infinity Display introduzido em 2017 no Galaxy S8. Tendo em conta que o design é bastante elogiado e está dentro do que se faz em 2018 não se espera que a fabricante coreana arrisque neste quesito.

O design do Samsung Galaxy Note 9 não deve ser muito diferente do seu antecessor

Isto é o mesmo que dizer que podemos esperar, no geral, um design semelhante aos das últimas linhas da marca, incluindo o Note 8. Mudanças pequenas, como as que vimos com o reposicionamento do leitor de impressões digitais no Galaxy S9 é o que contamos ver neste Note 9.

Pequenos detalhes. Deve ser isso que a Samsung procurará limar, na produção de um dispositivo que ainda nem sequer foi iniciada. No entanto, não esperes mudanças extremas nesta linha.

Ecrã

Os rumores apontam para que o Samsung Galaxy Note 9 tenha um ecrã Super AMOLED de 6.4 polegadas. Com as medidas ‘super fit’ de 18.5:9, o dispositivo deve contar com um Infinity Display que faz inveja a qualquer outro fabricante. A resolução deve ser de 2960x1440 e nunca é demais reforçar que estaremos perante o próximo melhor ecrã num smartphone (que tenha saído até essa data).

Será que a Samsung pode destacar-se ainda mais neste ponto? Pode, se lançar o leitor de impressões digitais no embutido no ecrã. Mais ainda, se o lançar com qualidade suficiente para ser uma tecnologia 'à séria'. O mercado precisa dela, mas precisa dela bem aprimorada.

Câmara

Este é um dos grandes destaques da linha S lançada este ano. E na linha Note, a Samsung não deve fazer mais do que aprimorar. Devemos contar com uma dual-camera, como no S9 Plus, que introduza melhoramentos ao nível do software, que a tornem (ainda) melhor.

A grande bandeira da câmara do Galaxy S9/S9+ é a possibilidade de variar a abertura. Assim, o utilizador tem a possibilidade de rapidamente passar de uma abertura de f/1.6 para para uma de f/2.4.

A câmara pode ser uma das bandeiras do Samsung Galaxy Note S9

Na prática estaríamos perante algo capaz de oferecer grandes fotos em condições de pouca luz. O que acontece é que o hype não correspondeu necessariamente à realidade, e por isso esperam-se aprimoramentos na linha Note.

Se pudermos pensar em números, há uma probabilidade de vermos os mesmos 12 + 12 megapíxeis no Note 9, que vemos atualmente no S9+. Em termos de câmara frontal, os 8 megapíxeis são os esperados.

Funcionalidades

Aqui temos de falar obviamente da S Pen. Embora pessoalmente não lhe veja grande utilidade (ainda que lhe reconheça qualidades), este utensílio tem o seu mercado. É uma das bandeiras da linha Note e deve aparecer, em 2018, com ainda mais potencialidades.

Neste momento não há rumores, mas é esperado que a Samsung trabalhe ainda mais este utensílio. Os fãs da S Pen esperam ser surpreendidos e certamente a Samsung querará mostrar ainda mais a importância deste utensílio na produtividade dos utilizadores.

Hardware

O Galaxy Note 9 deve contar com o mesmo processador do Galaxy S9

Aqui não há muito por onde fugir. À falta de melhor, a versão norte-americana deve contar com o Snapdragon 845. Já internacionalmente, a gigante coreana deve apostar no caseiro Exynos 9810, processador que oferece pior bateria que a opção da Qualcomm. Espera-se que a Samsung olhe para as debilidades do seu processador e aprimore as coisas na linha Note.

Os rumores apontam para 6GB de RAM na versão mais básica do phablet, e é provável que a Samsung vá até aos 8GB numa versão superior.

Algo que também devia ser mais que esperado neste terminal era uma bateria a condizer. Conhecem-se os problemas do passado, mas está na hora de a Samsung arriscar e oferecer ao consumidor uma bateria que vá ao encontro do que um power-user quer.

Quem compra um Galaxy Note quer produtividade. E os 3300mAh do Note 8 não espelham o que o consumidor deste produto quer. Ciente dos problemas do passado, a Samsung deve olhar em frente e oferecer ao consumidor uma bateria que aponte para os dois dias de uso. Estamos a falar de um terminal com tamanho suficiente para que tal aconteça.

Preços e data de lançamento

Tendo em conta os rumores, Agosto deve ser o mês em que este terminal pode ser lançado, indo em encontro do que aconteceu nos últimos anos. No entanto, Setembro não é de descartar.

Em termos de preços, o Note 8 já teve a sua versão base a entrar perto dos quatro dígitos e não é espantar que possamos ter aumentos na próxima versão. Se vamos ter um Note 9 a começar abaixo ou acima dos 1000 euros, o tempo o dirá.

Outros assuntos relevantes:

Google Play Store: Já podes fazer o download da nova versão

Xiaomi Mi 7 terá uma ”cara” muito semelhante à do iPhone X da Apple

Xiaomi entra oficialmente em França no dia 22 de Maio

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.