Samsung Galaxy Note 20 poderá trazer uma melhoria significativa face ao Galaxy S20

Carlos Oliveira
Comentar

A principal crítica que tem sido apontada aos Samsung Galaxy S20 é o seu processador Exynos 990. De acordo com várias comparações, este SoC tem-se revelado menos potente e menos eficiente que o Snapdragon 865 e essa diferença não agradou os que compraram os novos topos de gama da empresa.

Mas vários rumores apontam para que o Samsung Galaxy Note 20 possa chegar com o novo processador Exynos 992. E se aquilo que a ZDNet avança hoje for verdade, estamos a olhar para um SoC consideravelmente superior.

Galaxy Note 20 Plus

Exynos 992 poderá usar os novos núcleos Cortex-A78 da ARM

A ARM anunciou recentemente os seus novos núcleos para processadores dedicados a smartphones. Um deles é o Cortex-A78 que, segundo a empresa, oferece um ganho de 20% na performance e consome metade da energia do seu antecessor.

A utilização do processo de fabrico em 5nm irá também potenciar estes ganhos de desempenho e eficiência energética. Afinal de contas, tanto o Snapdragon 865 como o Exynos 990 são fabricados em 7nm.

É então referido que a Samsung poderá optar pelo uso destes núcleos no vindouro Exynos 992. O novo processador está, alegadamente, pronto para entrar em produção em massa já em agosto, daí que possa vir a ser usado nos Galaxy Note 20.

Só há um ponto que pode deitar por terra esta teoria. Quando a ARM anunciou o Cortex-A78 e o Cortex-X1 mencionou que ambos são dirigidos aos topos de gama de 2021. Ou seja, é muito provável que o Snapdragon 875 venha a usar um destes núcleos ou mesmo os dois.

É isto que me deixa um pouco reticente face à veracidade de o novo Exynos 992 vir a usar os núcleos Cortex-A78. Tudo indica que o novo SoC da Samsung ignore o Cortex-X1 e caso o Snapdragon 875 venha a usar os dois, já o coloca em vantagem face ao próximo processador da sul-coreana.

A Samsung precisa mesmo de melhorar o desempenho dos seus processadores e este pode ser um passo no bom sentido. Veremos se estes rumores acabarão por revelar-se verdadeiros.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.