LG transparent OLEDQuando pensamos em smartphones peculiares, pensamos em equipamentos sem bezels laterais, em ecrãs curvos ou, em última instância, em flip-phones, vulgo “smartphones de concha”. Estes últimos, continuam a ser muito procurados em países como o Japão mas não se podem considerar algo inovador, é simplesmente peculiar por ter um ar de relíquia.

No inexorável busca da inovação, a Samsung revelou por fonte oficial que tem vários planos para potencial a tecnologia dos displays, telas ou ecrãs flexíveis ou “dobráveis”, pretendendo desenvolver essa tecnologia para depois os incorporar em smartphones  flexíveis ou “dobráveis”.

   

A fonte oficial da Samsung não revelou nenhuma informação detalhada nem nenhum formato em concreto, mesmo assim, fazendo uso de lógica dedutiva, é fácil chegar à conclusão de que um ecrã flexível seria muito útil para colocar um ecrã grande num corpo bastante compacto.

Isto até pode soar demasiado futurista ou um puro devaneio tecnológico, no entanto, não ficaria surpreendido se víssemos esta tecnologia á partir do início do próximo ano.

A tecnologia de ecrãs flexíveis tem, resumidamente, quatro fases: ecrã curvo, ecrã “dobrado”, ecrã “dobrável” e, por último, ecrã “enrolável”. Os primeiros dois tipos já existem, no LG G Flex 2 e no Samsung Galaxy S6 Edge, respectivamente. O terceiro não deverá tardar muito a aparecer no mercado mas o quarto, ainda é um protótipo na melhor das hipóteses.

Samsung, LGPois bem, não é só a Samsung que está a desenvolver esta tecnologia de ecrãs verdadeiramente flexíveis, no entanto, o seu objectivo é diferente, conseguir produzir e implementar no mercado os ecrãs ou displays transparentes. Este tipo de ecrãs teria bastante utilizado em gadgets como os Google Glasses ou qualquer outro tipo de smartglasses.

Apesar da LG já ter um protótipo promocional, imagem de topo, ainda demorará algum tempo até que as fábricas e linhas de produção estejam devidamente equipadas para produzir em grande massa estes ecrãs. Algumas das aplicações para esta tecnologia serão os carros de luxo e até frigoríficos.

Quem sabe, daqui a um ano poderemos dobrar o nosso smartphone como uma simples folha de papel e guardar confortavelmente o dispositivo no bolso.

Talvez queiras ver:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).