Samsung define prioridade para os seus smartphones dobráveis e gadgets 'sustentáveis'

Rui Bacelar
Comentar

A Samsung é a atual líder de mercado de smartphones, com milhões de novos dispositivos móveis a serem vendidos a cada mês. É, como tal, uma das entidades melhor colocadas para combater o desperdício eletrónico, ou pelo menos reduzir o lixo eletrónico.

A pensar nisso, a empresa sul-coreana deu a conhecer os avanços feitos pela sua Mobile eXperience. Área que, de acordo com a própria, fez progressos no compromisso de fazer mais com menos, no âmbito da iniciativa Galaxy for the Planet.

Os smartphones dobráveis Samsung Galaxy Foldables lideram o caminho para um futuro mais sustentável

Samsung

A Samsung Electronics deu a conhecer os progressos no sentido de alcançar os objetivos de sustentabilidade fixados para 2025 na área de negócio MX (Mobile eXperience). As principais iniciativas incluem o desenvolvimento e incorporação de materiais reciclados nos produtos.

Em simultâneo temos a conceção de embalagens mais ecológicas e na redução do lixo eletrónico. Assim, dando uma nova vida aos antigos dispositivos Samsung Galaxy.

Com efeito, desde que anunciou a iniciativa Galaxy for the Planet, no Unpacked de agosto de 2021, a Samsung tem sido diligente a criar, reciclar e reutilizar recursos que de outra forma se tornariam resíduos nocivos. Assim, minimizando a sua pegada ambiental e usando a inovação para ajudar a preservar o planeta. Agora, a Samsung partilha os progressos até agora alcançados na sua jornada de sustentabilidade.

"Casamos sustentabilidade e inovação" afirma TM Roh da Samsung

"A Samsung está a tomar medidas consistentes e de impacto que ajudam a proteger as pessoas e o planeta. Casamos sustentabilidade e inovação em tudo o que fazemos", refere TM Roh, Presidente e Chefe do Mobile eXperience Business da Samsung Electronics.

"Estamos orgulhosos do nosso progresso até à data, mas, ao mesmo tempo, tem sido uma experiência humilde que nos permite continuar na nossa jornada para alcançar a nossa visão de sustentabilidade com ainda mais convicção e rigor do que antes", adiantou.

Expandindo a utilização de materiais reciclados no Galaxy Z Fold4 e Galaxy Z Flip4

Samsung

O desenvolvimento de materiais novos e reciclados é uma área chave para o Galaxy for the Planet. Quanto mais a Samsung recicla, mais recursos conserva. Embora a reutilização de materiais em dispositivos Galaxy apresente muitos desafios, os benefícios para o planeta fazem com que o esforço valha bem a pena.

A Samsung também concebeu a nova série Galaxy Z e o Galaxy Buds2 Pro com redes de pesca abandonadas. Materiais que, de outra forma, poderiam acabar no oceano.

Tudo começou com a integração na série Galaxy S22, em fevereiro de 2022. Hoje já existem onze dispositivos Galaxy que utilizam redes de pesca recuperadas, incluindo a série Galaxy Book2 Pro e a série Galaxy Tab S8.

Samsung

Ao reestruturar redes de pesca abandonadas num material de alto desempenho para a tecnologia Galaxy, a Samsung ajuda a minimizar os efeitos da poluição de plástico. Note-se que cerca de 640.000 toneladas de redes de pesca são abandonadas e poluem os oceanos todos os anos.

Neste sentido, dar um novo propósito a redes de pesca descartadas é apenas um exemplo dos avanços que a Samsung tem feito no aumento da utilização de materiais reciclados nos seus produtos.

Os Samsung Galaxy Buds 2 Pro usam 90% de materiais reciclados

Samsung Galaxy Buds 2 Pro

Para além das redes de pesca, a Samsung incorporou outros materiais eco-conscientes e de pós-consumo (PCM). Isto bem como resina de base biológica, em 90% dos dispositivos Galaxy lançados no ano passado. De igual modo, nos Galaxy Buds2 Pro, mais de 90% do produto já é produzido com materiais reciclados.

Este processo requer competências complexas de engenharia e técnicas para assegurar a qualidade global. Requer também segurança e fiabilidade de todos os novos materiais incorporados nas tecnologias inovadoras da Samsung.

Desse modo, a Samsung planeia fazer mais investimentos em investigação e desenvolvimento para obter e transformar novos materiais. Isto para utilização em produtos Galaxy, aumentando assim a presença de materiais reciclados em cada dispositivo.

Mudar a forma como os produtos Galaxy são embalados

Samsung

A Samsung estabeleceu o objetivo de eliminar todo o plástico de utilização única nas embalagens de produtos móveis até 2025. A propósito, a empresa já reduziu uma quantidade considerável de plásticos de utilização única nas suas atuais embalagens para smartphones Galaxy. Aqui incluindo os novos dobráveis.

Para além disso, a sul-coreana irá explorar mais formas de eliminar os plásticos de utilização única das embalagens. Além disso, avaliando cada aspeto do design das embalagens, até aos pormenores.

Samsung

Foi. assim, uma jornada que se iniciou com o lançamento da série Galaxy S22. Atualmente, contudo, a Samsung utiliza papel 100% reciclado nas embalagens de produtos emblemáticos.

De acordo com a própria, ao fazê-lo, a Samsung poderá salvar o equivalente a quase 51.000 árvores com a série Galaxy S22 e a nova série Galaxy Z este ano.

Soluções de escala que reduzem o E-waste

Mais do que nunca, a redução do e-waste é crucial para o avanço de uma economia circular que preserva e repõe os recursos finitos do planeta. De acordo com o Fórum Económico Mundial, 57 milhões de toneladas de lixo eletrónico foram geradas em 2021 e espera-se um crescimento de 2 milhões de toneladas por ano.

Assim sendo, para resolver este problema, a Samsung tem vindo a expandir o programa Galaxy Upcycling. Dando nova vida aos smartphones mais antigos da gama Galaxy. Aliás, através do Galaxy Upcycling at Home, a Samsung repõe smartphones com uma simples atualização de software que os transforma em dispositivos domésticos inteligentes que suportam as necessidades diárias, tais como cuidados com as crianças e animais de estimação.

O caminho em frente

A Samsung estabeleceu objetivos claros de sustentabilidade através de soluções de escala em todo o seu negócio. Em áreas variadas como a reutilização de redes de pesca descartadas para dispositivos Galaxy. Ou mesmo a utilização de embalagens sem plástico, o alcance de zero desperdício para aterro e zero consumo em espera dos carregadores de smartphones.

É, portanto, nestes vetores que a Samsung está a realizar a sua visão Galaxy for the Planet com um passo de cada vez.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com