Samsung atrasa produção do Galaxy S8 para investigar problemas no Note 7

Pedro Ramos

galaxy S8 concept (1)

A Samsung está a passar por um mau bocado dado os problemas que o seu Galaxy Note 7 apresentava o que levou a marca a ter que retirar os terminais do mercado. Porém, esta saga ainda não acabou, já que a marca Sul-Coreana ainda não conseguiu descobrir o que leva o seu terminal a explodir.

Vê ainda: Reebok Liquid Speed: As sapatilhas do futuro são desenhadas a 3D Ao início a marca achava que seriam as baterias de um fornecedor que não conseguia suportar o carregamento rápido, o que levou a marca emitir um recall mundial e substituiu as baterias e voltou a lançar os equipamentos para o mercado. Contudo, infelizmente o problema não ficou resolvido e os terminais de substituição começaram também a entrar em combustão. Existem várias teorias, desde a problemas na motherboard, até ao espaço físico onde a bateria fica alojada pode ser demasiado pequeno ou até mesmo um problema de software, que leva a problemas na forma como a bateria interage com os restantes componentes.

Samsung Galaxy S8 Mas ainda não existem quaisquer certezas e é isto que nos leva ao cerne da questão de hoje. Aparentemente a Samsung atrasou duas semanas o desenvolvimento do seu próximo flagship, o Galaxy S8, que ao que tudo indica, será apresentado em fevereiro do próximo ano, na MWC em Barcelona. A Samsung foi um pouco precipitada ao tentar encontrar soluções para os problemas do seu Note 7 e foi esta a razão que levou um terminal que tanto prometia "à morte".

Mas a questão é, será que a Samsung poderá adiar a apresentação do Galaxy S8 devido ao atraso acima referido? A ver vamos...

Talvez queiras ver:

Oukitel U15S é oficial com Helio P10, 4GB RAM, 5.5″ FHD por 125€

Xiaomi Mi Note 2 poderá ser mais barato do que previsto

Huawei Mate 9 Pro será apresentado com ecrã curvo de 5.9 polegadas QHD