Sabe quanto dinheiro já foi gasto em aplicações só em 2021

Carlos Oliveira
Comentar

A entidade de estudos de mercado Sensor Tower já revelou as suas previsões para as quantias gastas nas principais lojas de aplicações do mercado. Segundo as suas estimativas, foram gastos 64,9 mil milhões de dólares, cerca de 54 mil milhões de euros.

Estes valores apontam para a primeira metade do ano, ou seja, entre janeiro e junho de 2021. São o retrato dos hábitos de consumo de aplicações dos utilizadores de smartphones contemporâneos.

Apps receitas

Quando comparados com o período homólogo de 2020, regista-se um crescimento de 24,8%. Isto significa que nem o aliviar das medidas de confinamento em alguns países inverteram a tendência de crescimento nos gastos em aplicações para o smartphone.

Apple foi quem mais faturou no início deste ano

Os dados partilhados pela Sensor Tower atentam às lojas de aplicações detidas pela Apple e Google, ou seja, a App Store e Play Store. Com efeito, denota-se que é a gigante de Cupertino que mais fatura apesar do seu portefólio mais reduzido.

Segundo a fonte, a App Store registou um total de 41,5 mil milhões de dólares (€34.800 milhões) na primeira metade do ano. Uma cifra que representa sensivelmente 1,8 vezes mais do atingido pela Play Store, com 23,4 mil milhões de dólares (€19.600 milhões).

Apesar da menor fatia de lucros, foi a loja da Google aquela que registou a maior receita nos primeiros seis meses do ano. A Sensor Tower aponta para valores a rondar os 18 mil milhões de dólares (€15 mil milhões), ou seja, 30% mais que no mesmo período de 2020.

Google ganha no número de instalações

Um dos sintomas do crescimento da plataforma Android pode ser medido com o número de instalações. Neste caso, a Play Store foi quem mais se destacou neste parâmetro, com um crescimento de 6% face ao período homólogo de 2020.

Apps crescimento

Por seu turno, a App Store registou uma queda de 10,9% no número de instalações. Isto não significa necessariamente um êxodo dos utilizadores para a plataforma rival, podendo ser justificado com o alívio das medidas de confinamento e o regresso ao trabalho e outras rotinas longe dos meios tecnológicos.

TikTok continua a ser a app que gera mais receita

Seguindo a tendência estabelecida em 2020, a TikTok mantém-se na liderança as aplicações que geram mais receita. Os utilizadores desta rede social gastaram 920 milhões de dólares (€772 milhões) na mesma, alcançando um crescimento de 74% face ao mesmo período de 2020.

Apps download

Em seguida, observa-se o posicionamento das plataformas Youtube e Tinder na segunda e terceira posições da tabela das que mais receita geram. Nota-se, portanto, uma predominância das plataformas sociais nos gastos dos utilizadores no início deste ano.

Observando o setor gaming, Honor of Kings e PUBG Mobile apresentam-se nas primeiras duas posições da tabela. Uma vitória destacada para a Tencent, com responsabilidade no desenvolvimento de ambos os títulos.

Globalmente, foram gastos 44,7 mil milhões de dólares (€37 mil milhões) em jogos mobile na primeira metade de 2021. Isto representa um crescimento de 17,9% face ao mesmo período do ano transato.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.