Fonte da imagem: Veniamin Geskin

Venha quem vier, não há outra empresa no mundo tecnológico que consiga criar tamanha moda quanto a Apple. A empresa de Cupertino pode até não ser a mais vanguardista, mas quando investe em algo, acaba por se tornar um virus entre os concorrentes.

Tomemos por exemplo os Apple Watches. Os smartwatches existiam quando o primeiro modelo de relógio inteligente foi lançado, mas só depois da “maçã trincada” lançar o seu smartwatch, que mal aguentava para um dia de autonomia, é que os wearables realmente caíram na vida quotidiana dos menos nerds.

Vê ainda: Mulher destrói loja com o carro porque lhe negaram um novo iPhone

   

Mas hoje a história é diferente. Ainda só existem rumores e já os concorrentes começam a investir em material que a Apple tenciona também.

iPhone 8 concept by iDropNews

De acordo com a DigiTimes (fonte), as empresas de smartphones Chinesas começam a investir os seus precisos Euros em reservas e produções de ecrãs OLED, isto porque reza o rumor que a Apple apresentará um ecrã OLED num dos modelos do iPhone 8 que sairá em setembro deste ano. Foi assim com o 3D Touch, onde a ZTE se antecipou, ou mesmo com a entrada 3.5″ jack onde a LeEco também deu um passo mais rápido.

A Apple é uma empresa que até ao momento não se precisa de preocupar com os mais pequenos a nível de vendas, contudo, se estes “pequenos” lhe rouba o fornecimento dos ecrãs OLED, a situação pode ficar negra para o lado da empresa Americana.
Espera-se que a Apple venha a mostrar 2 equipamentos em 2017 e que ambos subam as suas pulgadas para 5.5″ e 5.7″ polegadas. O maior deverá ser acompanhado por melhores especificações e ecrã OLED.

Claro que tudo isto não passam de rumores, mas não deixa de ser interessante ver de como os rumores mexem com a economia mundial.

Talvez queiras ver:

D€AL: Aproveita 56€ de desconto na compra de um Gimbal

AnTuTu: os 10 smartphones mais poderosos de 2016

Bateria “incendiária”: Um problema com fim à vista?

ViaBGR
FonteDigitimes
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.