Realme cresce quase 1000% e já está no top 10 a nível mundial

Bruno Coelho
Comentar

A Realme foi fundada a 4 de maio de 2018. Pouco mais de um ano depois, a empresa já chegou ao top 10 de marcas mais vendidas a nível mundial, e apresenta-se no segundo trimestre de 2019 com um crescimento de 848% face ao mesmo período do ano passado.

Os dados da Counterpoint Research são relativos ao número de smartphones vendidos durante o segundo trimestre de 2019. Nesta janela temporal, a jovem marca vendeu cerca de 4,7 milhões de unidades, figurando em 10º lugar na lista das fabricantes que mais venderam neste período.

realme
Realme cresceu 848% face ao segundo trimestre de 2018. Fabricante já 1,3 de quota de mercado. Crédito: Counterpoint Research

Os números da Realme ao pormenor

A Realme apareceu a meio do segundo trimestre de 2018 no mercado. Por isso mesmo, é natural que vejamos no gráfico números de apenas 500 mil unidades vendidas nesse período.

A marca cimentou-se no país natal (China), no importante mercado da Índia e até já chegou à Europa. Tal resultou num aumento das vendas para 4,7 milhões neste trimestre, e ao crescimento de 848% face ao mesmo período do ano passado.

Realme já tem uma quota de mercado de 1,3% a nível mundial

Esta é a primeira vez que a Realme entra no top 10 de fabricantes a nível mundial, apresentando-se já com uma percentagem de 1,3% de quota de mercado globalmente. Tudo isto em apenas um ano de vida.

O mercado indiano é uma das razões para este sucesso, já que a marca se encontra em quarto lugar na Índia, com 9% de quota de mercado (segundo a Counterpoint). Quando dizemos que a Realme (outrora submarca da Oppo) veio para rivalizar com marcas como a Xiaomi, isso mostra-se cada vez mais uma realidade.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.